03/03/2016

Bailando no telhado

Shot 008

A semana começou do jeito que o diabo adora: enquanto em uma delação, a Andrade Gutierrez afirmava ter pago despesas de campanha eleitoral de Dilma Rousseff em 2010, Léo Pinheiro, ex-presidente e um dos principais sócios da OAS, decidiu fazer um acordo de delação premiada, no qual se compromete em relatar “casos” envolvendo o ex-presidente Lula e supostos pagamentos de suborno a parlamentares “que defendiam interesses da OAS”.

Se é vero a delação da Andrade Gutierrez, embora o fato se configure em Caixa 2, como foi na campanha de 2010 a suposta irregularidade não repercute na apreciação, pelo TSE, da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo de Dilma e seu vice, Michel Temer, impetrada pelo PSDB, sobre a campanha de 2014. Todavia, em ficando comprovado o teor da delação da Andrade, ações penais, que poderão alcançar a presidente Dilma, poderão ocorrer.

Segundo a Folha de S. Paulo, o acordo de delação da Andrade Gutierrez, além de submeter-se a empresa a uma multa de R$ 1 bilhão, inclui ainda “revelações sobre irregularidades cometidas em Angra 3, Belo Monte e em três estádios da Copa do Mundo (Arena Amazonas, Maracanã e Mané Garrincha, em Brasília)”.

No caso de Lula, a delação de Léo Pinheiro, pode colocar o ex-presidente sobre o fio de uma navalha mais afiada do que esta que ele já se equilibra.

O pior inimigo é o ex-amigo, pois ele sabe de tudo a seu respeito e Pinheiro, assim como Bumlai, privava da relação pessoal de Lula, que devia confiar a ambos elementos da sua privacidade.

São poucas as amizades que resistem à prova do pescoço, que é aquela na qual você está obrigado a escolher entre o seu pescoço e o do seu amigo: a maioria opina por manter a própria cabeça.

Portanto, como as delações de Pinheiro podem envolver um dos últimos e o mais caro bastião do PT, o próprio Lula, a expectativa dos investigadores é que essa “será a delação mais bombástica da Lava Jato”, o que poderá encerrar a fase “salve-se quem puder” da Lava Jato, e inaugurar a fase “ninguém se pode salvar”.

6 comentários:

  1. Francisco Márcio03/03/2016 08:50

    Como sou seu amigo, aviso: limpe as gavetas, destrua os HD´S, destrua e-mails, mensagens, etc... Ele vai falar sobre Belo Monte, PMDB, e... Vc sabe...

    ResponderExcluir
  2. Enquanto isso as empresas nacionais vão sendo compradas a preço de banana... um jovem amigo me perguntou quando o paladino da justiça esporeou o seu cavalo lá no sul,..."a quem isso interessa?"

    ResponderExcluir
  3. Nêmesis era a deusa encarregada de abater a desmesura, censurando o excesso de felicidade ou de orgulho dos reis. Isso é o que teria feito com o Creso, por exemplo, o rei da Lídia. Homem muito feliz com suas riquezas e com seu poder, foi castigado pela deusa que o levou à guerra contra Ciro II, rei da Pérsia.

    ResponderExcluir
  4. Caro Parsifal, bom dia. Talvez a mais bombástica seja a do Senador Delcídio do Amaral: http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2016/03/delcidio-acerta-acordo-de-delacao-premiada-na-lava-jato.html

    ResponderExcluir
  5. EMPREGOS

    Com essas 6 áreas, o Pará receberá investimentos em torno de R$ 1,6 bilhão em obras e equipamentos, além de geração de renda e empregos no Estado. Também está previsto que as empresas pagarão R$ 300 milhões em arrendamento à Companhia Docas do Pará (CDP), ao longo dos próximos 25 anos. Todos esses investimentos vão representar acréscimo na capacidade de movimentação de carga de 48,8 milhõesde toneladas por ano.

    Nos próximos meses, também começarão os investimentos na nova Estação de Transbordo de Carga (ETC), da Ipiranga Produtos de Petróleo, em Miritituba, distrito de Itaituba. Autorizados em dezembro do ano passado, os investimentos de R$ 3 milhões serão usados no terminal de 5.500 metros quadrados. BEM ACREDITO QUE COM ISSO CHAMEM OS CONCURSANDOS QUE FIZERAM PRA AREA OPERACIONAL DO PORTO QUE HÁ 18 ANOS NÃO CHAMA PRA LABORAR NA MESMA. (CONCURSANDO DA CDP) http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-360679-belem-recebe-evento-sobre-segmento-portuario.html

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.