01/12/2015

PIB encolhe 1,7% no terceiro trimestre e acumula queda de 3,2% em 2015

Shot 004

O desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) nacional no terceiro trimestre de 2015 foi pior do que previram os economistas mais pessimistas: caiu 1,7% contra as projeções de 1,2%.

A queda - a terceira consecutiva em 2015, é a mais longa sequência negativa desde 1990, quando Collor confiscou a poupança dos brasileiros para tentar conter a hiperinflação - consolida a recessão econômica do Brasil, que já havia sido tecnicamente constatada com os resultados negativos do primeiro (0,8%) e segundo (2,1%) trimestres.

No acumulado do ano de 2015, o PIB encolheu 3,2%, o que equivale a um enxugamento econômico de aproximados R$ 250 bilhões.

Todo mundo encolheu em função da recessão, salvo a União, Estados e municípios, cujo consumo, destarte o arrocho, cresceu 0,3%. Mas frente ao mesmo período de 2014, os entes federativos encolheram 0,4%.

Abaixo um videográfico elaborado pelo UOL, explicando como se mede o PIB:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.