14/12/2015

Manifestações de ontem (13) pelo impeachment foram um fracasso em todo o Brasil


O governo fez festa ontem (13) após o balanço das primeiras manifestações populares a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff: as passeatas foram frias, vazias e rápidas.

O visual foi o mesmo de sempre: roupas com as cores da bandeira do Brasil, algumas flâmulas partidárias para aproveitar a ocasião, bonecos infláveis do Lula com roupa de presidiário e do juiz Sergio Mouro como o paladino da justiça.

Mas o entusiasmo passou longe e a pouca presença amofinou a oposição, que promete mais para janeiro, dizendo que essa primeira foi só uma espécie de aquecimento. 

Na Avenida Paulista, em São Paulo, que lotou com 350 mil pessoas na última manifestação pelo impeachment, em agosto desse ano,  apareceram, segundo os cálculos da Polícia Militar de São Paulo, apenas 30 mil ontem (13).

No Rio de Janeiro, que costuma lotar a Avenida Copacabana Atlântica, protestando contra qualquer coisa, embora os entusiastas tenham declarado que participaram mais de 30 mil, a verdade é que não eram 10% disso, no máximo 2 mil pessoas, como mostra a imagem aérea abaixo:


Em Brasília, o fiasco foi maior: cerca de 6 mil pessoas desapareceram no enorme gramado em frente ao Congresso Nacional.

Em Belém, eu fui apanhado pela passeata na Avenida Serzedelo Correia, na altura da Praça Batista Campos: não mais que 2 mil pessoas.

Mas o fiasco mesmo, segundo o portal G1, foi a cidade de Macapá, no estado do Amapá: 85 pessoas.

17 comentários:

  1. Querido amigo quando voce escreveu Avenida Copacabana, voce estava se referindo a Avenida Atlântica na praia de Copacabana..Abraços Cariocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok. Vou corrigir o equívoco paulista.

      Excluir
  2. Cadê adelacão premiada no caso Alepa Parsifal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho ideia. Dizem que houve, mas ninguém nunca viu.

      Excluir
  3. Parsifal, tu és uma piada e diga-se de passagem de mal gosto! Tu achas que os brasileiros de bem e politizados que desejam um país sem essas escórias do mal (partidos de esquerda aí eu incluo os partidos da base do governo e a falsa oposição que tbm é de esquerda), irão se deixar enganar por uma mídia que há anos já está contaminada pelo vírus vermelho (comuna ) ledo engano! Cada manifestação independentemente da quantidade numérica de seus participantes não diminui em nada o objetivo a que se propõe, ou seja; o de destruir o PT por completo e, por tabela, a base que o sustenta ( os pés de barro que é o PMDB )....Feito isso, esses mesmos manifestantes irão pedir a cabeça de todos os políticos canalhas que estão envolvidos direta ou indiretamente no maior assalto as empresas Públicas de um país à nível mundial! Por isso não fique alegre Parsifal, contenha-se na sua alegria, porque o pior ainda está por vir para os canalhas que se acostumaram em roubar a nação e destruir sonhos de brasileiros trabalhadores honestos e ficar por isso mesmo chegou o fim; os empresários e trabalhadores honestos não querem mais pagar a conta dos roubos praticados por esses canalhas que roubam seus sonhos e vidas. O grau de investimentos no Brasil a cada dia cai mais, as empresas nacionais estão quebrando, as multinacionais estão demitindo e muitas deixando o Brasil, empresas que tinham por objetivo se instalar aqui não irão mais, a inflação já está em dois dígitos, a taxa de juros nas alturas...ou seja, o Brasil caiu em descrédito à nível nacional e internacional, e a permanência da "Presidenta" incompetente e ladra no governo, agravará ainda mais a situação..e o mercado já sinalizou nesse sentido caso ela permaneça no governo; só veremos a luz no final do túnel com a saída da nefasta incompetente que deixou o país de "joelhos"e "rezando" para que não tome o tiro de misericórdia que levaria o povo brasileiro a uma guerra civil de proporções incalculáveis. Nessa guerra só terá um vencedor: o povo brasileiro honesto, trabalhador, patriota e de direita...e aos vencidos: mortes, prisões e o exílio!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Nº 239, terça-feira, 15 de dezembro de 2015 COMPANHIA DOCAS DO PARÁ
    EXTRATO DE INSTRUMENTO CONTRATUAL
    ESPÉCIE: Contrato nº 44/2015; CONTRATANTE: Companhia Docas
    do Pará - CDP; CONTRATADA: E.B. CARDOSO EIRELI; OBJETO:
    Prestação de serviços de limpeza, conservação e operação de
    máquinas leves, nas dependências do edifício sede da CDP; nos
    portos de Belém, Vila do Conde, Santarém, Itaituba, Altamira e Óbidos;
    no Terminal Petroquímico de Miramar e no Terminal de Outeiro,
    bem como nas repartições aduaneiras dos portos de Belém e Vila do
    Conde e Terminal de Outeiro; PRAZO: 180 (cento e oitenta) dias;
    FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Lei nº 8.666/93; VALOR GLOBAL:
    R$-1.403.465,46; DATA DA ASSINATURA: 30.11.2015; SIGNATÁRIOS:
    Marcos Rodrigues de Matos e Raimundo Rodrigues do
    Espírito Santo Júnior, respectivamente Diretor Presidente em exercício
    e Diretor Administrativo-Financeiro da CDP e Fernando Cavalcante
    Gonçalves, Administrador - Procurador da Contratada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dispensa de Licitação? Manutenção de máquinas leves?

      Excluir
    2. A prestação do serviço é continua e fornece funcionários que fazem a limpeza e conservação nas dependências da empresa. O contrato venceu sem que estivesse concluída a concorrência pública para contratar o vencedor. Neste caso a lei autoriza contrato emergencial, com prazo máximo se seis meses, ou até que a licitação esteja concluída, o que ocorrer primeiro. Em caso de contratação emergencial a lei autoriza a dispensa. Este é o local que o galo canta.

      Excluir
    3. Quais motivos levaram a não conclusão desse procedimento licitatório? Falta de planejamento? Se é serviço continuado e pode ser estendido até 60 meses, como justificar a não conclusão de um procedimento licitatório? Se a licitação for concluída o contrato emergencial será cancelado?

      Excluir
    4. A conclusão de um processo licitatório não depende exclusivamente da empresa licitante. A licitação para esse serviço estava suspensa judicialmente, por querelas entre os licitantes. O contrato completou os 60 meses, sendo impossível a renovação do mesmo. No momento em que a licitação for concluída o contrato emergencial será cancelado e contratada a empresa vencedora.

      Excluir
  5. O fato das manifestações terem sido menores não quer dizer que o descontentamento com esse governo tenha diminuído. Infelizmente o brasileiro é acomodado. Digo isso porque eu sou a favor do Impeachment, mas não fui pra rua protestar. Por outro lado, os protestos a favor da Dilma foram mais fiasco ainda, só que ninguém pareceu notar isso. Ainda assim, em alguns locais deu muita gente sim, como no Espírito Santo e em Minas Gerais. Tenho certeza que se a população fosse consultada, mais de 80% votariam a favor do Impeachment.

    ResponderExcluir
  6. O Senhor sabe onde foi a operação da PF no PMDB do Pará? Estou curioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na empresa de estaleiro da família Guetos.

      Excluir
    2. Qual a relação entre o PMDB e essa família?

      Excluir
    3. O PMDB não se relaciona com famílias. É um partido político. Se relaciona com políticos e eleitores.

      Excluir
  7. Haja coração e chá de cidreira!

    ResponderExcluir
  8. não sei porque diminuiu o numero de manifestantes, mas seguramente não foi por maior apoio ou maior tolerancia para com a Dilma.
    Talvez o grande tumulto politico em Brasilia, que cria riscos a estabilidade democratica pode ter feito alguns não comparecer. Talvez o fato de as outras manifestações ainda não terem produzido o fruto desejado fez diminuir os animos. Mas penso que a vontade de mandar a presidente e sua qua digo seu grupo para a lua só aumenta.
    Momento de humor: mas puxa, Parsifal, como vc gosta de por suas fotos no blog!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.