04/11/2015

Marin é extraditado para os EUA e paga R$ 60 milhões por prisão domiciliar

Shot 007

O ex-presidente da CBF, José Maria Marin, 83 anos, extraditado da Suíça, onde foi preso em maio de 2015, a pedido do FBI, chegou ontem (3) aos EUA.

A Suíça extinguiu o processo no qual Marin recorria da extradição, porque ele desistiu do recurso depois de fazer um acordo com a Justiça dos EUA, que consiste em responder ao processo em prisão domiciliar após pagar US$ 15 milhões (R$ 60 milhões).

Marin desembarcou ontem (3) nos EUA e imediatamente foi conduzido à audiência de custódia perante o juiz federal Raymond Dearie que por duas vezes interrompeu a audiência para perguntar-lhe se estava bem, ao notar que o custodiado tinha certa dificuldade em se manter de pé.

Depois de garantir o pagamento da fiança, Marin foi conduzido à prisão domiciliar, onde aguardará o desenrolar do processo, que deverá durar cerca de um ano, pois declarou-se inocente.

Prisão é um padecimento até em uma gaiola de ouro. A prisão domiciliar de Marin será em uma gaiola de ouro: ele ficará no seu apartamento da Trump Tower, um dos mais exclusivos endereços de Manhattan.

Shot 006

Outros dois dirigentes da FIFA, Jeffrey Webb e Alejandro Burzaco, presos juntamente com Marin, fizeram o mesmo tipo de acordo com a Justiça norte-americana e desembolsaram US$ 10 milhões e US$ 20 milhões respectivamente para ficarem presos em casa. Com isso a Justiça já arrecadou, antes de começar a conversa, US$ 45 milhões, o equivalente a R$ 180 milhões.

Os juízes norte-americanos, ao verem que o réu não vai sair atirando pelo meio da rua, preferem faturar alguns milhões de dólares para os seus tribunais do que fazer o contribuinte pagar para que eles fiquem presos.

Marcelo Odebrecht et caterva pagariam o quíntuplo do que o Marin e etc. pagaram, para esperarem a sentença em casa. Antes porque não tem mais reza de padre velho que os faça serem absolvidos, fazendo com que o cumprimento da posterior sentença fosse pago por eles mesmos e ainda teria bastante troco para investir no que chamamos de sistema carcerário nacional.

Para ler um infográfico sobre os processos de fraudes na Fifa clique aqui.

2 comentários:

  1. Se esse ladrão tem sessenta milhões de reais para pagar de fiança para se livrar da cadeia, quantos milhões ele vigarista 171 não tem em Bancos em paraísos fiscas?!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os nossos milionários das treitas devem os maiores do mundo..Título que fede igual a nossa querida Belém.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.