08/09/2015

PT é o partido que mais perdeu políticos com mandato, desde 2012

Shot 001

Uma garimpagem do portal R7 pelo banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral revelou que o partido que mais perdeu candidatos eleitos, desde a eleição de 2012, para prefeitos e vereadores e de 2014 para deputados estaduais, federais e distritais, senadores e governadores foi o PT.

A matéria refere a saída de 25 prefeitos, 43 vice-prefeitos, 194 vereadores e uma senadora (Marta Suplicy) ao desgaste que o partido vem sofrendo com as constantes denúncias de corrupção contra alguns dos seus mais importantes membros, desde o mensalão até a Lava Jato.

Como a legislação permite que parlamentares com mandato miguem para partidos recém-fundados, o PROS e o SD foram os partidos que mais receberam petistas descontentes com a sigla.

O levantamento também demonstra que, na dança de cadeiras de mudanças partidárias por quem detém mandatos, o PT foi o partido que menos recebeu políticos: um vice-prefeito e cinco vereadores eleitos por outras legendas.

Abaixo um infográfico elaborado pelo portal R7, onde se lê o perfil das mudanças por estado, região e ano, até o mês de junho de 2015:

pt

Observa-se que o estado de São Paulo foi o que mais sofreu defecções (47) e a região mais atingida foi a Sudeste, com 84% das defecções.

Observa-se ainda que em 2013 houve 172 saídas e em apenas 6 meses de 2015 já foram 78.

Caso o partido a ser criado pelo criador profissional de partidos, atual ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PL), ou o de Marina Silva (Rede) venham a ser criados até o final desse mês, nova debandada é esperada.

Um comentário:

  1. meu velho pai quando vivo costumava dizer que , quando entra água no barco os ratos são os primeiros a pular fora. politico do brasil não tem ideologia. tem conveniência [ salvo alguns gatos pingados ]

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.