10/08/2015

Emílio Odebrecht, pai de Marcelo, teria autorizado o filho a fazer delação premiada

Shot 002

Segundo o jornalista Jorge Bastos Moreno, que mantém coluna no jornal “O Globo”, o atual patriarca dos Odebrecht, Emílio Odebrecht, pai de Marcelo Odebrecht, que está preso há quase dois meses em Curitiba, autorizou-o a fazer delação premiada.

Revela Moreno que Emílio Odebrecht, desde a prisão do filho, está recluso em uma fazenda do grupo na Bahia, com as netas, e de lá chamou os advogados para discutir os termos da delação.

Se assim for, eu pagaria o que não tenho para saber o que ele não contará. O que ele vai delatar, já se sabe.

2 comentários:

  1. Francisco Márcio10/08/2015 17:56

    "O que ele vai delatar, já se sabe". Excelência a equação não é tão cartesiana assim... Saber já se sabe, agora como e de que forma foi feito... Certamente, o Dr. Marcelo detém as minúcias dos escaninhos da corrupção...
    Trata-se - e o senhor sabe melhor do que eu - de um dos maiores construtores do Brasil, imagine o que este homem tem para contar.
    Seu padrinho - o Lula - já está ate em busca do "habeas corpus ministerial", tudo para sair das garras do Dr. Sérgio Moro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem delata tem a obrigação consequente de detalhar o como. A questão é que delações são seletivas. Por isso, o lado que fica submerso é que é o mais interessante.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.