02/07/2015

Castrito al dolce far niente

Shot 006

O rapaz languidamente deitado no deck de um iate, aproveitando a brisa leve e seca do resort de Bodrum, na Turquia, é Antonio Castro Soto del Valle, que, segundo a imprensa turca, “alugou cinco suítes de diárias de US$ 1 mil para 12 acompanhantes, após chegar em um iate alugado na grega Mykonos”.

Antonio Castro del Valle, chamado em Cuba de Castrito é o caçula de Fidel Castro, que continua dando as cartas, embora agora através do seu irmão Raul Castro, que promove uma lenta e gradual abertura política na ilha, para carenar uma economia que contraiu anemia depois que acabaram as animosidades bélicas Leste-Oeste.

Antonio Castro é médico, mas não exerce a profissão. “Ganha a vida” como presidente da federação cubana de beisebol. O empresariado europeu que tem investimentos em Cuba, o chama de “O padrinho”, pois, diz a oposição (essa tal de oposição tem até em Cuba), por ele passam todos aqueles que querem investir na ilha.

A imprensa turca noticiou que os seguranças de Castrito colocaram os fotógrafos para correr e ainda chutaram os traseiros de alguns que correram menos que os jagunços de La Havana. 

5 comentários:

  1. "O socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros". Esse vagabundo viaja o mundo com o dinheiro do "mais médicos". Nós brasileiros pagamos a conta desse vagabundo. Parabéns povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. O dinheiro gasto com a farra deste filhote de ditador, é com o sangue de 100 mil mortos pelo regime dos Castro, e que o governo brasileiro não comenta uma linha.

    ResponderExcluir
  3. Basta ver a vida que levam todos os dirigentes do PT, mesmo os que foram presos. Todos tem uma vida muito acima da maioria dos brasileiros, só melhorou pra eles.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.