15/06/2015

Pesquisa Doxa ouve eleitorado de Belém

Recebi da Doxa Pesquisa os primeiros resultados de uma pesquisa realizada em Belém, no período de 03 a 05 de junho/2015.

A Doxa fez a pesquisa com 600 entrevistas distribuídas pelos oito distritos administrativos de Belém, para averiguar o que passa na cabeça do eleitorado belenense a pouco mais de um ano das eleições municipais de 2016.

Abaixo, segundo a pesquisa da Doxa, “o tipo de político que a população gostaria que governasse Belém”:

> Quadro 01

Screen

Lê-se que a grande maioria do eleitorado de Belém deseja um político honesto, trabalhador e que conheça os problemas de Belém, para administrar a cidade.

linha

De forma oposta, a Doxa quis saber “Que tipo de político o eleitor não gostaria que governasse Belém” .

Abaixo o quadro resultante da pergunta:

> Quadro 02

Screen 004

A grande maioria do eleitorado belenense, segundo a Doxa, não quer administrando a cidade um político corrupto, preguiçoso e pau mandado ou sem pulso.

linha

Após obter o perfil ideal para prefeito de Belém, a Doxa ofereceu ao entrevistado 10 nomes (prováveis candidatos) e perguntou “qual daqueles pré-candidatos se enquadra no perfil positivo traçado”

Abaixo o quadro com as respostas:

> Quadro 03

Screen 003

Os nomes dos deputados federais Eder Mauro e Edmilson Rodrigues são os que mais se enquadram no perfil do político ideal para o eleitor de Belém. Importante observar que o quadro acima não indica intenção de voto, mas não deixa de ser um dado referente para tal. 

linha

Por outro lado, a Doxa quis saber, tendo como base a mesma lista de 10 nomes, qual daqueles se enquadra no perfil negativo (Quadro 02) traçado pelo eleitor.

Abaixo o quadro com as resposta referentes:

> Quadro 04

Screen 005

Enquanto os nomes de Eder Mauro e Edmilson Rodrigues são os que mais se enquadram no perfil do político ideal (Quadro 01) para o eleitor de Belém, para o mesmo eleitor, os nomes de Duciomar Costa e Jeferson Lima são os únicos que passam de dois dígitos no percentual do perfil negativo (Quadro 02).

linha

A Doxa pesquisou também o impacto do apoio de lideranças políticas ou partidos a possíveis candidatos a prefeito de Belém.

O primeiro quadro mostra o impacto do apoio do Partido dos Trabalhadores a uma possível candidatura de Edmilson Rodrigues:

> Quadro 05

Screen 006

A pesquisa revela que 56% do eleitorado rejeita um possível apoio do PT a uma candidatura de Edmilson Rodrigues para prefeito de Belém e apenas 13% apoiaria a coligação.

linha

Em outro cenário, a Doxa pesquisou o impacto de um possível apoio de Helder Barbalho/PMDB à uma possível candidatura de Eder Mauro a prefeito de Belém.

Abaixo o gráfico resultante:

> Quadro 06

Screen 008

Observa-se que 38% do eleitorado rejeita o apoio de Helder Barbalho/PMDB a Eder Mauro e 15% apoiam.

linha

A Doxa mediu o potencial de apoio do Governador Simão Jatene a algum candidato a prefeito de Belém.

À pergunta, "Você votaria em algum candidato a prefeito de Belém apoiado pelo governador Simão Jatene?", resultou o gráfico abaixo:

> Quadro 07

Screen 009

Os potencias de Simão Jatene são os mesmos de Helder Barbalho/PMDB, ou seja, 38% rejeita o apoio de Jatene a qualquer candidato e apenas 15% apoiam.

linha

Quanto ao apoio do senador Jader Barbalho a algum candidato a prefeito de Belém, o gráfico abaixo demonstra os resultados:

> Quadro 08

Screen 010

Observa-se que 50% do eleitorado rejeita o apoio de Jader Barbalho a qualquer candidato e 10% apoiam.

linha

Quanto ao apoio da presidente Dilma Rousseff, o gráfico abaixo mostra os resultado:

> Quadro 09

Screen 011

Vê-se que o apoio que mais prejudicaria um candidato a prefeito de Belém seria o da presidente da República: 60% não votariam nesse candidato e apenas 9% seguiriam o apoio da presidente.

A Doxa também mediu a intenção de votos do eleitorado de Belém, que será publicado aqui assim que empresa envie os resultados.

14 comentários:

  1. Parsifal;

    Já começaram a manipular o eleitorado. Cedo não?

    ResponderExcluir
  2. Pesquisa linda essa. Vamos para mais uma década de atraso. Partindo da premissa de que querem um governante honesto...Faltou definir o sentido da expressão "honestidade"?!...Parei por aí e bora pro sítio que qualquer dia desses ninguém mais consegue sair na rua.

    ResponderExcluir
  3. Vou embora desta cidade! Eder Mauro como honesto e competente?! Para o mundo que quero sair!

    ResponderExcluir
  4. Francisco Márcio15/06/2015 17:34

    Poderíamos acrescentar: Logo depois da rejeição do apoio da presidente Dilma, vejam que nome aparece: tham, tham, tham: Senador Jader barbalho, com 50% de rejeição Ô povo ingrato, injusto... Não é Dr. Parsifal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há eleitor ingrato e injusto ou grato e justo: há eleitor. Jader Barbalho é senador, Jatene é governador e Dilma é presidente e o político que se colocar a fazer emissão de juízo de valor sobre o eleitor, ou fica empolgado demais, se estiver na maré cheia, ou entra em depressão se estiver na maré baixa.

      Excluir
  5. Está faltando um gráfico sobre o apoio da bancada evangélica. O Zenaldo teve como vice uma evangélica e ganhou. O Jatene também teve um vice evangélico e também ganhou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Brasil é laico por que as igrejas não pagam imposto de renda sobre o que é arrecadado. Em São Paulo até os carros das igrejas não pagam IPVA. Jesus ensinou “dar a César o que é de Ceasr”, que representa dar ao governo o que é do governo, em tempos atuais. Milhões e milhões de reais são “arrecadados” sem pagamento de impostos. Enquanto isto qualquer trabalhador principalmente os funcionários públicos têm descontado antecipadamente o imposto de rendas.

      Excluir
    2. Sem dúvida, o que mais representa “religioso” em política partidária é o personagem Aderbal, na novela Babilônia da Rede Globo, personificando um prefeito do interior do Rio de Janeiro. A realidade nua e crua de falsos cristãos que se dão bem com a mistura abominável de “religião” e política.

      Excluir
    3. Anônimo das 11:21, é simples, lutem para mudar as leis, mas de forma democrática ok? E nós vamos continuar lutando para mantê-la. Sabe quantos jovens tiramos das ruas todos os anos? Sejam eles drogados ou bandidos? A Igreja é a instituição que mais ressocializa o ser humano. O Estado devia era pagar pras igrejas pelos serviços prestados a esse país. Sabe quantas toneladas de alimentos distribuímos todos os meses? Procure saber. Se ainda existe um pouco de dignidade nesse país é por causa do Evangelho. Se não fosse pelo Evangelho ter chegado ao Brasil seria uma verdadeira balburdia. Enquanto os políticos lá em Brasília roubam a nação (Mensalão, Petrobrás, Lavajato, etc) vc tá aí preocupado com as igrejas? Quanto aos políticos evangélicos envolvidos em crimes, tem que ser julgados da mesma forma. Se forem culpados devem pagar.

      Excluir
  6. De novo Parsifal...até vc com a pesquisa XOXA...Lembra do erro na eleição estadual? E a mais nova foi em Igarapé Miri...te liga cara essa emrpesa só faz pesquisa errada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer pesquisa que eu receba será publicada. Cabe ao leitor emitir a opinião, como você está fazendo.

      Excluir
  7. Eu gosto da pesquisa do Edir Veiga, sempre acerta na mosca. Hahahaha

    ResponderExcluir
  8. Como sempre o PMDB afangandoos politicos e emergentes. A Socorro Gomes sabe muito bem como isso termina. Não é Parsifal?

    ResponderExcluir
  9. que beleza!! vamos afundar de vez, o que ta ruim sempre pode piorar!

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.