17/03/2015

O perfil dos manifestantes de domingo

Durante a manifestação de São Paulo, no domingo (15) o Datafolha pesquisou o perfil dos manifestantes. A PM calculou 1 milhão de manifestantes em São Paulo, mas o Datafolha contesta que lá estavam 210 mil.

A pesquisa desfez o mito de que as manifestações eram pelo impeachment da presidente: apenas 27% dos manifestantes querem o impeachment. A maioria, 47% declarou que se manifestava contra a corrupção:

Shot 009

A pesquisa ratificou o recalque do movimento: 82% declararam ter votado em Aécio Neves no segundo turno da eleição presidencial de 2014 e 37% se declararam simpatizantes do PSDB. Um ponto importante da pesquisa: 74% declararam participar pela primeira vez de um protesto de rua.

Shot 012

O Datafolha também pesquisou o perfil dos manifestantes da sexta-feira (13) tocado pela CUT, UNE e MST, em favor do governo, e comparou os perfis:

Shot 014

A renda dos manifestantes de domingo (15) dá gás à troça de que foi às ruas a elite: 41% declarou receber mais de 10 salários mínimos ante 12% no protesto da sexta-feira.

A avaliação do governo Dilma também foi pesquisada nas manifestações de sexta-feira (13) e de domingo (15).

Shot 016

Onde os polos opostos da política nacional conseguem ensaiar um consenso é na avaliação do Congresso Nacional:

Shot 018

E são absolutamente coincidentes na defesa da democracia, colocando no canto a turma que tem saudades da ditadura:

Shot 020

14 comentários:

  1. Gostaria que o datafolha acrescentasse mais uma pergunta: sua presença é espontânea ou você foi remunerado para estar aqui?

    ResponderExcluir
  2. Piada:
    A polícia vai dispersar manifestações do MST lançando carteiras de trabalho na multidão.
    Vão correr igual ao diabo quando olha a cruz.

    ResponderExcluir
  3. Claro que a resposta seria não, porque o PT não estava lá.

    Será que a pesquisa é verdadeira? O Datafolha já cometeu muitos erros em suas pesquisas, entre elas foi publicar na véspera da eleição (24/10/2014) que a Dilma tinha 56% dos votos, ou seja, 24 milhões na frete do Aécio, que por sinal nem estaria no 2º turno.

    ResponderExcluir
  4. Acreditar nas pesquisas do Instituto Data Folha, é a mesma coisa que acreditar em Papai Noel, Saci Pererê ou que o Governo dos PTralhas não é formado por uma **** de **** e ****.

    ResponderExcluir
  5. Só o Parsifal mesmo pra acreditar no que ele escreveu!

    ResponderExcluir
  6. Nobre Deputado,
    Para aumentar o grau de credibilidade , confiabilidade e segurança, que tal acrescentar, também, os dados da pesquisa do Instituto I Veiga.

    ResponderExcluir
  7. Somando os ruim e péssimo da manife stacao de sexta alimentada pelo PT mostra que mesmo la o povo esta contra o PT. E a turma que comeu sanduiche de motadela e recebeu 35 reais

    ResponderExcluir
  8. Este Instituto foi o que fez a pesquisa que deu a vitoria do Helder nas ultimas eleições?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deputado, falando nisto até hoje este Instituto Veiga não disse porque ele errou e não dava para o Senhor como membro do PMDB cobrar dele e nós informar já que ele não diz nada?

      Excluir
    2. Águas passadas não movem moinhos.

      Excluir
  9. Como o Senhor sabe das coisas foi o instituto que deu vitória ao Barbalhinho que fez esta pesquisa?

    ResponderExcluir
  10. Fora Jatene! Fora Zenal! Ops! Minha familia ganha DAS do governo estadual, minha filha é patrocinada pelo Governo do PSDB! Canta com a Fafá! Não posso falar isso! Então, Fora Dilma! Fora PT! De quem estou falando?

    ResponderExcluir
  11. Essa nova pesquisa do DATAFOLHA de aprovação do Governo desmistifica essa estória de que quem participou da manifestações foram aqueles que não votaram na Presidente. A aprovação à gestão dela caiu em todas as regiões do país, em todas as faixas de renda, resumindo, caiu de todo jeito. São as "varandas gourmet", as "calçadas gourmet", as "lajes gourmet".

    ResponderExcluir
  12. Nao sei se havia 1 milhao de pessoas, mas, pelas imagens de Tv, havia bem mais de 200mil

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.