12/12/2014

Panetone exportado é mais barato no Japão do que no Brasil, onde é fabricado

Shot 008

Debita-se aos altos impostos o fato de certos produtos serem mais caros aqui que no exterior.

Impostos e a precária logística têm peso alto nos preços internos, mas dedilho a tecla de que o maior peso específico nessa lambança é a ganância do empresariado nacional, que pensa a curtíssimo prazo e carrega na venda para compensar a baixa octanagem que eventualmente encontra no varejo.

Essa semana apareceu mais um item fabricado no Brasil que, exportado para o outro lado do mundo, é vendido mais barato: panetones da Bauducco.

Um panetone da Bauducco exportado para o Japão, em embalagem de 908 gramas, custa nas prateleiras dos supermercados japoneses 988 yens, o equivalente a R$ 21,35.

O mesmo panetone, em embalagem de 750g, custa nas prateleiras do Brasil R$ 25,12.

A diferença de preço foi tomada por Paulo Marquis, que em novembro, ao ver um panetone brasileiro no supermercado da rede Cotsco, na cidade de Saitama, no Japão, comprou o bolo e o fez fazer a viagem de volta, para mostrar o pau depois de matar a cobra.

A Pandurata Alimentos, detentora da Bauducco, declarou que a diferença de preço se deve à incidência de impostos.

Um comentário:

  1. Assista este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ifp3L0xYmF4 Mostra bem essa realidade.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.