03/11/2014

Novas multas de trânsito em vigor

Desde sábado (1) estão em vigor as alterações feitas no Código de Trânsito Brasileiro majorando algumas multas em até 1000%.

A medida é bem-vinda, pois a parte mais sensível do cidadão é o bolso. As alterações não são educativas e sim punitivas àqueles que insistem em usar o veículo como arma ou brinquedo.

Abaixo as principais modalidades majoradas:

mul1

mul2

mul3

mul4

Faltou aí uma multa de R$ 1.500,00 para quem estacionar em local proibido ou fila dupla.

> Em dobro

Caso o condutor do veículo reincida na mesma infração dentro de um período de 12 meses, a segunda multa será aplicada em dobro. Por exemplo, se o condutor recebeu uma multa de R$ 1.915,40 e dentro dos próximos 12 meses for flagrado na mesma infração, a segunda multa será de R$ 3.830,80.

> Prisão

As penalidades alteradas no CNT não se limitam às multas. Doravante, por exemplo, as disputas em corridas não autorizadas (rachas), além da multa, poderão submeter os condutores a até três anos de prisão, e caso a infração dê causa a mortes, os culpados poderão ser condenados de cinco a dez anos na prisão.

Todas as infrações referidas são consideradas gravíssimas e valem a retirada de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

E para ver a quantas andam as suas habilidades no volante, faça o "Teste de Trânsito" que está na aba direita do blog, no menu "Diversos". O aplicativo está em formato flash, portanto só deverá funcionar em PCs.

3 comentários:

  1. Concordo com os valores das multas, poderia ser até maior. Mas o Governo também deveria ser multado/condenado pelas péssimas condições das rodovias, sem acostamento e com crateras/buracos, tudo de péssima qualidade. E o povo concorda com tudo isto.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma forma do governo tirar dinheiro da população... ta certo!

    ResponderExcluir
  3. O dinheiro destas multas que aumentaram seus valores deveria ir para a educação, e os infratores existirem 10 aulas sobre infrações de transito.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.