03/09/2014

Desempenho de Marina Silva reincide o “Volta Lula” no PT

Shot

Hoje o Ibope e o Datafolha divulgarão pesquisas presidenciais e os rumores contam que a seringueira continua na crista daquela onda que o tucano Aécio Neves disse, há quatro dias, que quebraria em “15 ou 20 dias”.

A pancadaria que caiu sobre Marina Silva, para tentar apeá-la do cavalo que trotou na sua frente – e ela montou -,  não tem sido eficaz a ponto de lhe arranhar a imagem perante o eleitorado.

Como Marina corre ao largo, não lhe interessam as estruturas formais do sistema, o que lhe é uma eventual vantagem eventual, pois o eleitor está um pote até aqui de mágoas com qualquer coisa que lembre a política tradicional.

> Volta Lula

Uma das consequências do desempenho de Marina, que praticamente dissolveu a envergadura de Aécio Neves e colocou em xeque a liderança de Dilma Rousseff, foi a retomada do torque, dentro do PT, para que Lula tome o lugar de Dilma na disputa, o que é refutado pelo ex-presidente, mas os próceres do PT já encomendaram pesquisas internas para sondar-lhe nome.

Os resultados dessas pesquisas demostram que o próprio Lula perderia para Marina Silva, ou seja, o jeito é deixar Dilma correr o risco e tentar quebrar a onda. Resta saber como.

Não creio que o “volta Lula” se avolume, pois o próprio já avisou que isso é uma atitude sonhática, mas como nesses 30 anos de estrada eu já vi boi e porco avoar, não se pode descartar essa possiblidade.

11 comentários:

  1. Nobre Deputado,
    Um trecho de um exto, muito bem escrito, pela socióloga Maria Lucia Victor Barbosa, faz referência a este retorno destacando ainda que muito embora não se possa descartar a possibilidade desta volta é bom relembrar que à frente do PT a estrela barbuda, que na quarta tentativa chegou lá depois de vestir terno Armani, aparar a barba e fazer publicar uma Carta na qual se comprometia a manter os fundamentos da nossa economia capitalista de Terceiro Mundo.
    No poder os éticos e puros mostraram a que vieram e foram na nossa endêmica corrupção os mais corruptos. Incompetentes, reeditaram a inflação, a inadimplência e nos fizeram o país dos pibinhos, dos descalabros na Educação e na Saúde, da Petrobras arrebentada, da diplomacia vergonhosa que defende e custeia os mais nefastos ditadores mundiais. Para piorar o País é o lanterninha dos Brics.
    O Brasil como paraíso é uma fraude gerada pela propaganda enganosa. O que de fato se tem é a herança maldita dos quase 12 anos de governo Lula, pois a bem da verdade, nos últimos desastrosos quatro anos foi o criador que mandou e a criatura somente obedeceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lanterna dos BRICS é a África do Sul. Brasil é o vice.

      Excluir
    2. naõ e hora de chora tem que aguetar o tranco e viva a democratia

      Excluir
  2. Parsifal, caríssimo, as pesquisas eleitorais indicam que os quatro candidatos minoritários a governador somarão cerca de 4% a 5% dos votos válidos no primeiro turno. As mesmas pesquisas também apontam empate técnico entre Helder e Jatene. Caso, entre os dois grandes, nenhum consiga abrir vantagem de pelo menos 5% em relação ao outro, compete dizer que haverá segundo turno. Como o senhor avalia a possibilidade de haver segundo turno e como o mesmo deverá ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja em primeiro ou segundo turno, a eleição é uma das mais acirradas da história recente do Pará, pois de um lado há uma fabulosa máquina de Estado a serviço do governo e da reeleição do governador, e de outro duas forças políticas majoritárias com poder eleitoral de fato.

      Excluir
    2. Lembra mais ou menos o segundo turno entre Edmilson e Duciomar em 2000: todas pesquisas indicando 50% x 50% (famoso "fifty-fifty") e o vencedor se sagrando com apenas 4.500 votos acima dos 50%.

      Excluir
  3. Deputado, quando teremos o debate na radio e na televisão entre os candidato o senhor saber?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na segunda quinzena de setembro ocorrerão os debates.

      Excluir
  4. Como diz o "nobre" José Dirceu: "Marina é o Lula de saias". Agora é o Lula de saias! Agora é Marina!

    ResponderExcluir
  5. Sonhar é preciso! Num eventual governo de Marina, quem dará as cartas no Pará será Ademir Andrade (CDP) e Sidney Rosa. O primeiro por ser o dono do partido e o outro por ser o mais "expert" entre os socialitas paraenses. Tudo como dantes. Sonhar é bom, repito.Mas nenhuma mudança à vista.

    ResponderExcluir
  6. êsse comentário do zé dirceu lembra o beijo da mafioso naquele que o desobedeceu...a Marina é Marina..duas personagens totalmente diferentes.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.