17/07/2014

Rupert Murdoch ofereceu US$ 80 bilhões pelo Time Warner, que recusou a oferta

O biliardário australiano Rupert Murdoch, dono de um império midiático a nível global (21st Century Fox, The Wall Street Journal e News Corp), cujo ramo britânico foi o epicentro de um escândalo envolvendo grampos telefônicos no Reino Unido, foi pra cima do grupo Time Warner, o maior dos EUA no ramo, com gosto de framboesa.

Shot 009

Murdoch ofertou pelo controle do Time Waner a quantia de US$ 80 bilhões, o equivalente a R$ 192 bilhões.

Mas, segundo o New York Times, para o alivio das demais empresas de comunicação e entretenimento dos EUA, o Time Warner recusou a agressiva oferta. Caso a oferta fosse aceita, os demais grupos de comunicação estadunidenses teriam que estudar fusões para enfrentar o gigantismo que seria a aquisição.

O 'NYT' sarrafeou Murdoch acusando-o de ser um financista e não um homem de mídia, pois construiu o seu império global através de ofertas do tipo e até hoje ninguém sabe ao certo de onde vem o poder financeiro que o autoriza a tal agressividade.

Ou Murdoch está combinado com o Time Warner, para turbinar as ações de ambos, ou a imprensa mundial está mais por fora do que x em evidência, pois leio todos os dias que a parte de comunicação do império de Murdoch enfrenta dificuldades “devido ao mau desempenho de seus veículos em termos de publicidade”.

Um comentário:

  1. After checking out a few of the blog posts
    on your site, I honestly like your way of blogging. I bookmarked
    it to my bookmark site list and will be checking back in the near future.
    Please visit my web site as well and let me
    know your opinion.

    Look into my web-site: clash of clans triche gemmes

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.