13/06/2014

Mario Couto, Simão Jatene, Henry Mencken, Tom Jobim e Roger Lima

Shot007

O repto do senador Mario Couto chafurdou tanto o ninho que os tucanos acusaram o golpe em uma nota oficial garantindo que os “membros da Executiva Estadual, prefeitos, parlamentares federais e estaduais, e demais lideranças do PSDB do Pará”, reafirmam o “irrestrito apoio à reeleição do governador Simão Jatene”.

> Couto reage

Shot003

O senador Mário Couto desembainhou a peixeira é declarou que a nota é "falsa e mentirosa", duvidando que todos os citados tenham aceitado os termos dela: "Isso é característico dele (Jatene) que está vendo a angústia do fracasso virar pesadelo".

Couto arremata a desqualificação da nota com a reafirmação do seu intento: "Quando vejo uma nota dessa fico ainda mais motivado. Vou mostrar ao Pará quem é Simão Jatene".

> Trair e coçar é só começar

É óbvio que os que assinaram a nota não lhe poderiam negar chancela sem perder tentos no governo, portanto, não é sensato apostar que Jatene não será sujeito de traição, afinal, como disse Henry Mencken, “nenhum homem merece confiança ilimitada, pois na melhor das hipóteses a sua traição só espera uma tentação suficiente.”.

Não creio, inobstante, que a taxa de traição seja suficiente para romper as adufas do Palácio dos Despachos, pois o esturro do mais fraco dos governos ainda ecoa a duas léguas do seu epicentro.

> Lavar a alma

O senador Mario Couto sabe que as suas chances de vitória na peleja com Jatene são parcas, portanto, o seu foco é lavar a alma e rasgar as vestes do rei para se enxugar com elas, deixando, de saldo, o rei nu. E reis nus não são algo que se possa admirar, pois como disse Tom Jobim, “não queria conhecer os seus ídolos de perto, pois você irá se decepcionar com eles.”.

> Venda de ingressos

O fato é que o senador Couto conseguiu ser o rentista da convenção do PSBD no dia 30.06: já surgiu a ideia de vender ingressos à plebe rude que deseja assistir ao espetáculo, pois, como disse Roger Lima, “a vida é uma festa e a realidade uma ressaca.”.

Esperemos… Pode acontecer tudo daqui até o falecimento de junho, inclusive nada.

14 comentários:

  1. Deputado, em sendo verdade a nota do PSDB, é claro que os parlamentares e prefeitos assinaram pois agora é que é hora de barganhar apoio ($$$$$$$$$$) ao governador. Vão sugar até não ter mais nada.
    Em relação aos prefeitos de Belém e Ananindeua porque o governador os ajudou ($$$$) em suas eleições e pelo menos estão retribuindo assinando a nota(sic).
    Quanto a Flexa, só assumiu o mandato (era suplente) por causa da eleição do Duciomar como Prefeito. Este novo mandato, só conseguiu porque um jornal de Belém durante a campanha de 2010, noticiava diariamente que o Jáder e Paulo Rocha estariam inelegíveis por causa da Lei da Ficha Limpa, em consequencia, os votos migraram para ele e Marinor. Não fosse isso, os senadores seriam jader e paulo rocha. Basta ver o resultado das eleições em 2010, dos 143 municípios do pará, o Flexa só obteve vitória em 36 municípios.
    Quanto ao governador, creio que ele está insistindo com o Helenilson (que não tem votos nem para se eleger vereador em Santarém - sua cidade) pois a intenção é tentar se reeleger como governador, depois sai do PSDB e se filia ao PSD e teria ao seu lado no senado o seu pretenso candidato. Acha que o Helenilson distribuindo cheque moradia pelo Pará é certeza de votos. É muita ingenuidade. Um candidato precisa viajar e dar apoio a comunidade com bastante antecedência e não somente em época eleitoral. O Helenilson só agora é que está indo para o interior.
    O governador precisa olhar os números da sua eleição em 2010, obteve no 2º turno 55,74% dos votos válidos. Será que ainda hoje chegaria a 25%???
    O que acha Deputado?

    ResponderExcluir
  2. Caro Parsifal,

    Mario Couto, em Brasilia, nos meios de imprensa, não é levado muito a sério. Pelo tom de histrionismo com que carrega seus pronunciamentos. No entanto, os jornalistas ficam atentos para conferir o que, nos pronunciamentos, pode ser cotejado para conferir depois, aquelas palavras que ele solta em plenário. Pode ser que na batéia, o apuro renda, ou não. No Ver-O-Peso, aquele tom de Mário é denominado garganteio. O seu texto é, além da picardia das entrelinhas, uma lição de regionalismo. Romper as adufas, me soa peculiar. Só quem acompanhou o dia a dia da construção de Tucuruí, como nós o fizemos, voce em casa e eu na redação de O LIBERAL, sabe muito bem o que significa. O Tocantins, ruge em Itaboca, só para ficarmos unidos em nossas figuras de linguagem.
    Abraços,
    Agenor Garcia
    jornalista.

    ResponderExcluir
  3. Meu nobre, em tempos de copa o eleitor tá nem aí pra políticos. Principalmente os de carreira. Os tempos são outros.
    As pesquisas mostram o descaso do eleitor. Não é à toa que cerca de 30% não sabem em quem votar ou vão anular ou embranquecer seus votos. Isso sem falar no alto índice de abstenção que vai pipocar nas seções eleitorais país a dentro, nos eleições vindouras. Democracia se supõe a não imposição dos votos. E isso foi dito a partir de junho do ano passado pela opinião pública.

    ResponderExcluir
  4. Mario couto, conta logo os podres do Simão preguiça, estamos aguardando.

    ResponderExcluir
  5. Esse lance de peixeira deputado, faz bem o teu tipo de cangaceiro filhote de lampião!!! Quem tem sangue verdadeiramente Paraense (Cabano), ou seja, o legítimo Paraense, jamais se deixará ludibriar por comentários de um forasteiro como o senhor!!!!! O Jatene vai se reeleger, e todos nós iremos rir da tua cara e da PTralhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Limite os seus arrotos a mim. Meus ascendentes não são políticos.
      Informe-se quando for se expressar, para não escrever asneiras: sou paraense, nascido e criado no Pará, e no interior do Pará, exatamente de onde veio o movimento cabano, o interior do Pará.
      Se você está com a certeza da vitória, não se preocupe e ache graça. Nós se cá não temos tempo para risos, pois estamos trabalhando.

      Excluir
  6. Dep. Parsifal, em sua opinião Mario Couto delata os esquemas de Jatene? E Jatene, delata os esquemas de Mario Couto

    ResponderExcluir
  7. Vcs do pmdb tao tudo com medo pq sabem que dia 3 de outubro vai dar e JATENE na cabeça e no coraçao do povo kkkk... pode mandar o filho do papai (heider) que não fez nada em ananindeua . E o povo do Pará sabe que filho de peixe peixinho é . ***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse pessoal que ta morrendo de medo de perder o DAS... hahahahaha
      coitados! Estão descontrolados

      Excluir
    2. E vcs do psdb tão tudo com medo do que o Mário Couto tem pra falar. kkkkkkk

      Excluir
  8. Caro Parsifal,o governo do PSDB acha que só existe a região metropolitano(grande Belém), pois bem ao longo da BR 010 tem cidade que este governo nunca em seu mandato colocou o pé e se ele vier de carro, vai encontrar ABANDONO,SAUDE QUE NÃO FUNCIONA,ETC...cade os impostos sobre Mineração que é galinha dos Ovos de Ouro(cada mês só aumenta a arrecadação) então hoje 70% do Pará esta abandonado culpa de um governo sem respeito com Povo, mas outubro esta chegando e vamos colocar gente nova, empreendedor com vontade de trabalhar e crescer este Estado e viva a democracia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A região metropolitana também está esquecida pelo tucanato, meu caro. Apesar do governo de Belém e Ananindeua ter como prefeitos dois tucanos, não observamos parcerias para resolver problemas históricos(principalmente dos moradores de bairros que ficam no limite dos municípios e ficam sofrendo com a indefinição de qual cidade realmente fazem parte). As obras que estão acontecendo na região metropolitana são de suma importância para a região, no entanto, estão sendo realizadas com verba federal, como a Independência, a João Paulo II, a Perimetral, o BRT. E o governo estadual está se apropriando das obras com muita propaganda na tentativa de baixar a rejeição do candidato a reeleição Jatene, como fez com a Nova Santa Casa que recebeu quase pronta do antigo governo e fará o mesmo com o Ophir Loyola(é muito bom um governo terminar obras das antigas gestões, mas se aproveitar disso pra tirar proveito não dá).

      Na minha região, o Baixo Tocantins, as cidades dependem exclusivamente do FPM para a realização de obras e serviços, ou seja, o crescimento delas está pífio, pois o Estado não faz convênios com prefeituras e nem atende as demandas solicitadas, deixando a população esquecida.

      Citando exemplos, Baião está desde 2010 sem receber uma obra do Governo estadual, aí de repente, como num passe de mágica, umas semanas atrás o Jatene manda construir uma nova delegacia(atualmente ela funciona em um prédio alugado pela Prefeitura, pois desde 2011 o prédio do Governo Estadual está fechado) e também manda asfaltar ruas na cidade de Mocajuba, que também recebeu serviços e investimentos pífios nos últimos 3 anos e meio.

      Mas isso tem uma explicação, o Prefeito de Baião é do PT e o de Mocajuba é do PR e não apoiou Jatene nas ultimas eleições e nem apoiarão(isso é uma questão de bom senso depois de ficarem esquecidos pelo governador).

      O Deputado Parsifal deve ter conhecimento dessa situação e já deve ter escutado reclamações de prefeitos que sequer são recebidos no Palácio dos Despachos fora do período eleitoral.

      Eu, como um apaixonado pela minha região, me sinto envergonhado por ter conterrâneos que ainda se prestarão o papelão de votar nesse governador.

      Junior

      Excluir
    2. A região metropolitana também está esquecida pelo tucanato, meu caro. Apesar do governo de Belém e Ananindeua ter como prefeitos dois tucanos, não observamos parcerias para resolver problemas históricos(principalmente dos moradores de bairros que ficam no limite dos municípios e ficam sofrendo com a indefinição de qual cidade realmente fazem parte). As obras que estão acontecendo na região metropolitana são de suma importância para a região, no entanto, estão sendo realizadas com verba federal, como a Independência, a João Paulo II, a Perimetral, o BRT. E o governo estadual está se apropriando das obras com muita propaganda na tentativa de baixar a rejeição do candidato a reeleição Jatene, como fez com a Nova Santa Casa que recebeu quase pronta do antigo governo e fará o mesmo com o Ophir Loyola(é muito bom um governo terminar obras das antigas gestões, mas se aproveitar disso pra tirar proveito não dá).

      Na minha região, o Baixo Tocantins, as cidades dependem exclusivamente do FPM para a realização de obras e serviços, ou seja, o crescimento delas está pífio, pois o Estado não faz convênios com prefeituras e nem atende as demandas solicitadas, deixando a população esquecida.

      Citando exemplos, Baião está desde 2010 sem receber uma obra do Governo estadual, aí de repente, como num passe de mágica, umas semanas atrás o Jatene manda construir uma nova delegacia(atualmente ela funciona em um prédio alugado pela Prefeitura, pois desde 2011 o prédio do Governo Estadual está fechado) e também manda asfaltar ruas na cidade de Mocajuba, que também recebeu serviços e investimentos pífios nos últimos 3 anos e meio.

      Mas isso tem uma explicação, o Prefeito de Baião é do PT e o de Mocajuba é do PR e não apoiou Jatene nas ultimas eleições e nem apoiarão(isso é uma questão de bom senso depois de ficarem esquecidos pelo governador).

      O Deputado Parsifal deve ter conhecimento dessa situação e já deve ter escutado reclamações de prefeitos que sequer são recebidos no Palácio dos Despachos fora do período eleitoral.

      Eu, como um apaixonado pela minha região, me sinto envergonhado por ter conterrâneos que ainda se prestarão o papelão de votar nesse governador.

      Junior

      Excluir
  9. Deputado não entendo a reaçao Do Mario Couto. Se ele diz ter mais votos que todos os demais e o PSDB mao esta lhe negando registro por que tem medo do Helenilsom que e de outro partido e que também tem o direito e alei permite ter candidato a senador.Acho que o Mario Couto esta ciom medo e quer voltar aos braços dos Barralhos de onde veio.O Mario mesmo ma minha cidade apoiou o candidato a prefeito de outro partido contra o do PSDB.Ele e Cilene.Esta relamando de que? Pimenta no dos outros e refresco kkkk

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.