04/04/2014

Inapetência governamental

Shot006

Passados 12 dias do abalroamento da ponte sobre o Rio Moju, o governo do Estado ainda não conseguiu regularizar a travessia por balsas, cuja logística é absolutamente simples: fazer duas rampas de cada lado do rio e colocar 4 balsas para o transbordo.

Se o governo não se consegue desvencilhar de tão elementar tarefa, imagine-se os tropeços que embarca para logísticas eventualmente trabalhosas.

A dificuldade do governo - cujo grupo de comando está há 20 anos no poder, com um rápido lapso intervalar de 4 anos - em alinhar seus trilhos, denota a posição do Pará, cada vez mais em queda, em todos os índices oficiais, nacionais e internacionais, que medem o desenvolvimento.

O governo atual não sabe fazer e nem administrar, por isso compra feito e paga para alguém administrar: ambos a custos altos, cujo ágio é o preço da sua própria inapetência.

9 comentários:

  1. Deputado.
    Concordo plenamente com Vossa Senhoria. Haja incompetência.

    ResponderExcluir
  2. O Pará fui ludibriado pela suposta competência dos tucanos e isso nos custou vinte anos de atrasos. O Brasil também foi enganado, porém descobriu mais cedo e escorraçou esta corja do poder.

    ResponderExcluir
  3. Deputado,por favor denuncie o que esta acontecendo aqui em Belo monte...Na travessia de belo monte na região de altamira...
    A dias que as balsas grandes que fazem a travessia do rio xingu estão no prego,e só tem uma pequena balsa operando,o resultado disso é um grande congestionamento de carretas,caminhões,carros e onibus,25 KM de ambos os lados...E não tem prazo para se resolver.
    Para se ter uma ideia,da travessia do belo monte para Altamira,são duas horas de viagem...Por conta desse problema,chegamos hoje a travessia de belo monte, duas da tarde e chegamos em altamira as sete da noite,ou seja cinco horas para uma viajem que dura apenas duas horas...
    Denuncia esse descaso aqui,pois é bem camuflado que ninguém na imprensa fala nada,enquanto isso a população da região paga a conta desse GRANDE empreendimento do PAC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você teria o nome da empresa que faz o transbordo com a balsa? Fotos do local?

      Excluir
    2. Sim,lhe passo no sabado pela manha..obrigado.

      Excluir
    3. Deputado,esta ai a materia de um blog local...Blog altamira noticias.

      Hoje pela manhã nossa equipe de reportagem viajou até Belo Monte, a 62km de Altamira para registrar diversos problemas que os motoristas encontram para atravessar nas comunidades de Belo Monte 1 e 2. Ao menos 4 reboques estão quebrados duas balsas paradas e apenas uma balsa pequena tenta fazer a transposição dos veículos.
      As filas já somam 25 km, alguns motoristas de carretas estão a dois dias esperando para passar. O gerente da Rondonave Navegações explica que as equipes estão fazendo o possível para os trabalhos não pararem, o que agravaria o problema.
      Nesta madrugada houve bate boca e uma arma de fogo chegou a ser empunhada por um condutor, a polícia militar e PRF estiveram no local e controlaram a situação.

      Ou seja,quem esta planejando ir de carro para Belém,como eu,tem hora para sair de carro de Altamira,mas não tem hora para chegar em Belém,pois se não bastasse a morosidade do governo estadual em resolver a travessia da balsa de moju...Ainda tem esse problema da balsa de belo monte que ninguem da jeito...
      Como pode um mega projeto milionario desse,não planejarem uma ponte de em um rio de 1 KM,uma vergonha...

      Excluir
  4. Nós do Sul do Pará estamos novamente prejudicados pela inercia desse desgoverno medíocre do PSDB...

    ResponderExcluir
  5. Ponte do Moju: descaso, incompetência e má fé do governo Jatene

    Quem mora no sudeste do Pará ou se desloca constantemente entre essa região e à grande Belém, sofre com derrubada da ponte do Moju e a inércia do governo Jatene. Um governo sério e inteligente teria feito um pronunciamento à socieade informando que vai colocar pelo menos 4 balsas e que vai fazer o melhoramento do desvio pea perna sul, via Acará. Mas o que se vê é o descaso e a inércia, é um governo que mostra o descaso com a principal integração entre as duas sub regiões mais importantes do Estado. Enquanto a população e os caminhões das empresas esperam horas na fila da PA 150, o governador faz uma viagem ao exterior. Pergunto, cadê o MP estadual? Cadê a ação do legislativo?aro Parsifal publique isso no seu blog se for possível

    ResponderExcluir
  6. Deputado, a Travessia do Rio Xingu é "concessão" do governo federal sobre fiscalização da ANTAQ, quanto a travessia do Rio Moju é uma emergência que o governo do estado quer fazer de graça (sabemos que tudo que é de graça, nesse país, não presta) e o estado nem sabe o que vai custar ou pagar.
    Num estado sem saúde, educação, segurança e também sem arrecadação, porque SEFA, safadamente, só arrecada o que quer (com um trabalho sério a arrecadação triplica) mas.....
    fazer o que? Reeleger! Pra que?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.