21/03/2014

O rei Pelé faturará cerca de R$ 58 milhões com a Copa

Não é só a FIFA que fica com o tal “legado da Copa”. Pelé, 73 anos, fatura merecidamente alto: a agência Sport 10, criada por ele em 2012 para gerenciar os seus contratos publicitários, já faturaram, somente em função da Copa, no primeiro trimestre de 2014, R$ 14,4 milhões e tem a expectativa de fechar 2014 com R$ 58 milhões.

Com a Copa e a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, a Sport 10 deverá faturar aproximadamente R$ 233 milhões.

Shot003

Quem entregou os números à Bloomberg foi Paul Kemsley, CEO da Legends 10, agência com sede em Nova York que negocia contratos para a Sport 10.

Não era segredo que a Copa do Mundo e a Olimpíada seriam no Brasil. E o Pelé é o Brasil”, justificou Kemsley, que já fechou contratos para a Sport 10, para veiculação do rei na Copa, fazendo propaganda para a Procter & Gamble, Volkswagen, Emirates, Subway e Coca-Cola.

Ao declarar à Bloomberg que quando Pelé jogava futebol os salários não eram como os de hoje, Paul Kemsley justificou que a Copa no Brasil é uma espécie de redenção ao rei: “Pelé deveria ser muito mais rico. Está aí a Copa para compensar.”.

Eis um dos motivos pelos quais o rei pedia encarecidamente à meninada do “Levante de Junho” que escolhesse outro tema para protestar contra: a Copa é o Brasil, ora pois.

2 comentários:

  1. Essa última parte da publicação é pura maldade, deputado...rsrsrsr

    ResponderExcluir
  2. Essa última parte da publicação é pura maldade, deputado...rsrsrsr

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.