20/03/2014

Drops de amêndoas

> A tropa estropiada

ofic

O Projeto de Lei 34/14, de autoria do Poder Executivo, colocou os praças da Polícia Militar e Bombeiros de prontidão: estabelece a política de remuneração (2014 a 2018) exclusivamente dos oficiais, deixando os praças no sol quente.

Sinceramente senhor governador, não há como diferençar neste caso as necessidades dos oficiais em relação ao restante da tropa. Os soldos são e devem ser diferentes, mas os percentuais de aumentos não podem ser diferentes. O pior, mudar a remuneração dos que comandam e ignorar totalmente os comandados, tem a denominação de discriminação.”

As aspas são de um artigo do ex-deputado Joercio Barbalho, sobre o assunto, que você pode ler aqui.

> Dona Dilma no Pará

Shot009

O senador Jader Barbalho e o presidente da FAMEP, Helder Barbalho, foram convidados pela presidente Dilma para tomar o café da manhã com ela, logo mais, às 08h00m, no Hotel Hilton, onde a presidente pernoitou.

Às 9h30m Dilma anuncia, no Hangar, os investimentos do Governo Federal constantes no PAC2 Mobilidade Urbana para Belém.

Às 11h00m, acompanhada do governador do Estado, do senador Jader Barbalho e do presidente da FAMEP, Helder Barbalho,  a presidente decola para Marabá, onde entregará patrulhas mecanizadas para prefeituras e lançará o edital de licitação para a derrocada do Pedral do Lourenço, decolando para Imperatriz-MA, em seguida.

> O melhor amigo do cachorro

garzon

O vice-presidente da Colômbia, Angelino Garzón (foto), recusou a embaixada colombiana no Brasil, que lhe foi oferecida pela chanceler colombiana, María Holguín. O motivo da recusa: o clima muito quente e seco da capital brasileira poderia prejudicar a saúde. Do seu cachorro (foto).

"Recusei a vaga porque o cachorro que você vê nesta imagem é muito peludo e o clima quente de Brasília poderia prejudicar a sua saúde", respondeu Garzón a um jornalista que lhe perguntou o motivo da recusa da embaixada mais cobiçada da América do Sul.

> Um pedigree magistral

leti

A presidente Dilma nomeou na terça-feira (18) a mais nova desembargadora do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Trata-se de Letícia Mello (foto), 37 anos, que vem a ser filha do ministro do STF Marco Aurélio Mello e da desembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal Sandra de Santis.

A indicação da meritíssima foi feita pela Ordem dos Advogados do Brasil, na vaga do quinto constitucional que lhe cabe. Nada a reparar: além de uma bela senhorita, ela tem um invejável QI.

Para ver como foi o QI, clique aqui

> O desesperado pedido de socorro de Rayline

ora

Uma das passageiras do bimotor que desapareceu na terça-feira (18) no sudoeste do Pará, nas paragens de Jacareacanga, Rayline Campos, emitiu mensagens de seu celular, para o seu tio Rubélio Santos.

De dentro do avião, Rayline narrou a sua agonia em duas mensagens. A primeira, às 12h17m:

Shot013

Na segunda e derradeira mensagem, emitida às 12h48m ela pediu um socorro que não havia como chegar:

Shot014

Rayline é técnica de enfermagem. Reside em Santarém e trabalha no serviço de Saúde Indígena em Jacareacanga, para onde se deslocava.

No último contato do piloto da aeronave com a torre de Jacareacanga, ele informou que problemas na aeronave a faziam perder altitude. Um da FAB faz, desde o dia 18, a busca da aeronave.

2 comentários:

  1. Meio complicado comentar diante de tão variados assuntos... comentando a ida da Presidente a Marabá com minha filha Luana...me dei conta: Porque afinal esse derrocamento não estava previsto no Orçamento das obras das Eclusas de Tucuruí...ou estava?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Virgilio,

      Passei o dia com a Dona Dilma e só agora posto os comentários.
      A hidrovia não estava orçada com as eclusas. Foram tratadas como obras diversas.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.