04/02/2014

Procurando desesperadamente um candidato a governador

Shot008

No retorno de suas férias o governador Simão Jatene encontrou a base aliada em ebulição por conta da indefinição de sua recandidatura e continuou o que tem feito desde meados de 2013: mais um ato do seu teatro das sombras.

Primeiro procurou o prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), a quem ofereceu a candidatura ao governo do Estado. Para aceitar o embrulho Coutinho teria que renunciar ao mandato que ainda não conseguiu começar. Jatene obteve a resposta que ele, Zenaldo, vai “tentar se reeleger daqui a três anos”, ou seja, não.

Shot009

Jatene pegou a via expressa até o entroncamento e pousou em Ananindeua, onde fez a mesma oferta ao prefeito Manoel Pioneiro (PSDB), que condicionou o sim a Jatene permanecer no governo até o final, provisionando a campanha, mas Jatene perdeu a libido pela empulhação que é tocar um governo mal avaliado.

Shot011

O próximo ato será uma reunião hoje (4) à noite, na residência do líder do governo, deputado José Megale (PSDB), onde o antepasto será emendas parlamentares (um delicioso canapê), o prato principal será a renúncia do governador e, depois do cafezinho, a sobremesa será a candidatura do vice-governador ao governo. Mas está combinado que ninguém vai querer a sobremesa e insistir na recandidatura do governador.

Shot012

Jatene precisa ter cuidado com esse teatro e não fazer como Jânio Quadros, que renunciou achando que ia ser clamado de volta pelo distinto público e o distinto público não fez a parte que lhe cabia na pantomima.

25 comentários:

  1. Deputado, quando o Senhor vai pedir informações a INFRAERO sobre o caos que está a pista 06/24 do Aeroporto Internacional Julio Cezar Ribeiro, inclusive fazendo mensão a fiscalização, quanto foi gasto nesta reforma e o porque do alagamento visto que até antes da "recuperação" a mesma não tinha problema algum de drenagem. Só no domingo foram cancelados 14 voos aqui em Belem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enviarei o pedido de informação amanhã. A Infraero não é obrigada a responder porque não é um órgão do Estado, mas vamos esperar.

      Excluir
  2. Prezado,
    Aproveito o espaço para sugerir a leitura da Portaria 159/2014 –ADEPARÁ, publicada no DOE de 04 de fevereiro, que trata do Regulamento de Identidade Técnica e Qualidade Higiênico-Sanitária de Carne de Caranguejo
    Congelada e Patas de Caranguejo Congeladas. Merece um post.
    Depois da SEMAJ, a ADEPARÁ.
    Não tem jeito. Vou-me embora pra Pasárgada.

    ResponderExcluir
  3. Os inteligentes do reino perdido estão todos com medos do Helder...Mas não tem jeito...Helder 2014.

    ResponderExcluir
  4. A miopia do governador o impedirá de enxergar o melhor candidato para o Pará, Helder Barbalho. Certo que é o melhor para o Pará, Helder, não se prestaria a prosseguir os desmandos do atual governo que somente beneficia a turminha dos ex-gestores de Paragominas, parentes e alguns apadrinhados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor pra quem? KKKKKKKKK

      Excluir
  5. Meu caro deputado Parsifal coloque mais um na lista de convidados ou melhor procurados.Desta vez aconteceu nesta segunda feira o convite ao senador Mário Couto. Compareceram a casa dele, um senador, dois deputados federais e um prefeito.Ele ficou de conversar com a família para responder.Segundo os informantes logo depois da pequena reunião Mário Couto, recebeu telefonema de Aécio Neves aprovando a ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou colhendo informações sobre isso.

      Excluir
  6. O negócio é p seguinte, ou melhor a negociata é a seguinte.O governo deverá apresentar três candidatos. Sidney Rosa (PSB) apoiado ($) pela máquina do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho,.Helenilson (PSD) pela máquina estadual. Pioneiro (PSDB) pela máquina da prefeitura de Ananindeua. Jatene deverá ser candidato ao Senado (apoiado pelas três máquinas). O Mário Couto vai ter que se conformar com uma candidatura a deputado federal, como prêmio de consolação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta estratégia não aumenta um voto sequer pelo contrário diminui. Dividir a situação só podia ser estratégia de presepeiro e loroteiro.

      Excluir
  7. Aproveitando a deixa do assunto INFRAERO eu pergunto ao deputado Parsifal o que ele acha da construção (em fase de conclusão) de um posto de gasolina na Av.Júlio Cesar, com os fundos para a Vila Maracangalha (residências de oficiais da Aeronáutica)? A mim parece uma inoportuna agressividade ao meio ambiente, derrubar uma parte do verde da cidade para a construção de mais um posto de gasolina, quando existem vários naquele entorno. Será que o Comando da Aeronáutica está de píeres na mão para deixar que ocorresse tal agressão à paisagem de Belém? Isso não abre precedentes para que outro tipo de comércio se instale em nossa tão bela e arborizada avenida belenense? Mesmo que ocorra em área da União não caberia uma tentativa de brecar tal agressão junto ao Ministério Público Federal ou mesmo à Justiça Federal através de uma Ação Civil Pública? Gostaria de seu posicionamento deputado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiz um pronunciamento na Alepa, ainda no ano passado, sobre a tentativa de mudar o aeroclub e por trás disso está a especulação imobiliária: na verdade uma empresa de incorporação quer fazer duas torres no local.
      Vou averiguar a questão do posto na área da aeronáutica. Todavia, tudo o que um deputado estadual pode fazer é denunciar, e a Aeronáutica não tem a obrigação de dar satisfação alguma à Alepa pois é vinculada à União e não ao Estado.

      Excluir
    2. Deputado, em meu modesto conhecimento, em Direito Ambiental a competência é concorrente da União, Estado e Município. Portanto, parece oportuno, respeitando sua abalizada opinião, que o senhor poderia ir além de sua manifestação na Alepa, em provocar (oficiando) ao Ministério Público Federal sobre a situação, pois, penso que cabe no mínimo uma Ação Civil Pública para brecar esse tipo de empreendimento, pois, conforme já manifestado, atenta contra o meio ambiente. Lembre o que dispõe a Lei Ambiental: "...Art. 64. Promover construção em solo não edificável, ou no seu entorno, assim considerado em razão de seu valor paisagístico, ecológico, artístico, turístico, histórico, cultural, religioso, arqueológico, etnográfico ou monumental, sem autorização da autoridade competente ou em desacordo com a concedida." Portanto, tal construção atenta contra o valor paisagístico. E mais, já existe um precedente, um posto de gasolina na mesma área, situado na Av. Pedro Álvares Cabral, em frente a COMARA. E eles nem precisam usar segurança privada, pois está em área militar, havendo de certa forma uma disparidade em referência aos demais e olha que não sou comerciante, nem parente e nem amigo de dono de posto de gasolina, o que poderia parecer que era despeito. Mas não é não, é um cidadão que se preocupa com a sua cidade.

      Excluir
    3. Sim a competência é concorrente, mas o caso em tela não se trata de normatividade e sim de enfrentar uma questão de fato que, por se tratar de órgão adstrito à União, apenas a Justiça Federal é competente e a Aeronáutica, administrativamente, só está obrigada a dar satisfações à Presidência da República ao Senado ou à Câmara Federal podendo ignorar solenemente a Alepa. O MPF, por ser o parquet federal, pode sim instaurar procedimento para averiguar se a autorização obedeceu toda a tramitação exigida em lei, inclusive as ambientais e é ao MPF que dirigirei o pedido.

      Excluir
    4. Aplaudo essa iniciativa. E, gostaria de saber quando isso for concretizado, com postagem aqui. É isso aí Deputado.

      Excluir
  8. A candidatura de Helenilson parece muito fraquinha. Com os servidores públicos (exceto os que ganham DAS) ele está queimadíssimo após o decreto que suprime a gratificação de TEMPO INTEGRAL. O atual vice é advogado, mas será que ele não sabe ou não lembra que DECRETO não revoga LEI? Ele não conta com uma avalanche de ações individuais para brecar esse malsinado decreto? Esse não é uma espécie de "amostra grátis" do que será sua administração tampão como governador? Mas cá pra nós Deputado, que tipo de estratégia foi essa com a edição de tal decreto?

    ResponderExcluir
  9. Prezado,
    Como a filha do Jatene vai ser candidata, ele deverá renunciar. É o que estabelece o Artigo 14, parágrafo 7°, da Constituição Federal. “§ 7º - São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente da , de Governador de Estado ou Território, do Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não é candidata. Com toda CERTEZA.

      Excluir
  10. A solução para a turma do Jatreme é apoiar o Helder els nãotem outra alterativa e se não quizerem passar a maior veronha politica deste estado, se ´p que eles tem vergonha.

    ResponderExcluir
  11. A "1ª filhotinha" será candidata a Deputada Estadual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com todas as letras e segurança ela não é candidata!

      Excluir
  12. Se a turma do Jatene apoiar o Helder, perderão a cumplicidade da TV Liberal e assim tudo pode ficar pior.

    ResponderExcluir
  13. Helder na cabeça e no coração...

    ResponderExcluir
  14. Caro deputado, e verdade que o Jatene e padrinho do helder

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.