19/10/2013

Propinoduto Tucano: primeira delação penal

propi

Embora tenha refluído o noticiário, as investigações sobre o “Propinoduto Tucano” continuam.

Semana passada, um ex-executivo da Siemens, em depoimento ao Ministério Público Federal, declarou que a empresa pagou propina a autoridades do PSDB para beneficiar o consórcio. Os nomes não foram revelados.

É a primeira delação com repercussão penal no episódio, pois o acordo de leniência ensejava tão somente ações cíveis de improbidade administrativa.

> Quebra-cabeças

Segundo membros do MPF e MPE, que atuam conjuntamente no caso, as declarações prestadas esclarecem algumas lacunas que possibilitarão montar parte do quebra-cabeças, cujas peças foram obtidas com a quebra do sigilo bancário de suspeitos.

> Tudo, ou nada

Até o momento, o “Propinoduto Tucano” já rendeu 45 inquéritos civis e apenas um inquérito penal. A delação penal obtida do ex-executivo da Siemens, pode abrir as portas da esperança para o Parquet e as do inferno para alguns emplumados.

Se os demais 5 ex-executivos resolverem entregar tudo, pode acontecer de tudo, inclusive nada.

3 comentários:

  1. É isso ai, no propinoduto tucano o metrô ta circulando, ja no canalduto do Rio São Francisco, o povo nordestino continua sofrendo com a falta da AGUA, e olha que esse que esse canalduto ja papaou dez veses mais o valor da obra inicial.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente através desse noticiário somos remetidos à reflexão de uma avaliação da forma de ser o jornalismo brasileiro. Dá para notar a olho nu a voluntária timidez da mídia brasileira sobre o assunto que respinga no arraial dos tucanos paulistas.Propinas já apontadas por delação e por leniência dos próprios pagadores e a imprensa acovardada ou (?) por interesses desconhecidos prefere tratar como questão de pouco significado. Pela ponta do novelo dá para sentir quantos milhões de dólares foram surrupiados e ao mesmo utilizado nos superfaturamentos da obra do metrô em São Paulo. Em casos menores esta mesma imprensa sentou o sarrafo, pedindo justiça e outros penduricalhos mais. Aos poucos como aconteceu em passado não muito distante a imprensa seguiu o mesmo caminho e ganhou com honras a desmoralização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por favor, digo ...em passado não muito distante a imprensa norte-americana...

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.