03/09/2013

O espião que veio do Norte

Shot005

O aparato de espionagem e contraespionagem política no mundo não acabou com o fim da Guerra Fria. Portanto, tanto os EUA quanto a Rússia continuam com as suas escutas ligadas.

Apenas o perfil dos agentes mudou: antes eram protagonistas tipo 007, hoje são nerds à frente de uma estação de trabalho, desenvolvendo sofisticados programas de espionagem que agem diretamente na internet, pois são poucas as comunicações fora dela.

> Presidente Dilma foi espionada pelo Fairview

Shot004

Após as revelações do PRISM, desvelam-se outros programas de espionagem cibernética, engendrados para invadir o sigilo de chefes de Estado, como é o caso da vigilância sobre a presidente Dilma e sobre o presidente do México Peña Nieto.

A priori, a presidente Dilma Rousseff foi grampeada pelo Fairview, que intercepta a entrada e saída dos dados do Brasil através dos cabos submarinos da rede.

O Fairview não visa a segurança nacional dos EUA, mas a espionagem comercial e industrial, o que é mais grave, pois à medida que os EUA estocam informações sobre estratégias comerciais, eles sentam à mesa sabendo as cartas que o contendedor tem nas mãos.

É provável que as escutas do Fairview, no Brasil, tenham mirado o pré-sal.

> Indenização por danos morais

O Brasil não pode tratar a espionagem norte-americana apenas no campo diplomático. É imperioso cobrar indenização por danos morais na proporção ao desrespeito a nossa soberania.

Já passou da hora do Governo Federal prover o seu sistema de comunicação com defesas de alto nível para evitar constrangimentos do tipo.

Os firewalls do governo devem ser do tipo que se compram as licenças online, e o celular da presidente Dilma deve ser um iPhone ou um Android, que eu ou você usamos e até surdos podem escutar o que falamos.

15 comentários:

  1. Amigo, me responda uma pergunta, por obséquio!

    Como vc acha que o Brasil estaria se não tivesse acontecido o "golpe" de 64, o qual o sr. tanto abomina!
    O que o sr. acha que teria acontecido conosco, como estaríamos hj, se o João Goulart tivesse continuado normlmente na presidencia? Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A democracia teria seguido o seu rumo. Depois de Goulart seria eleito um presidente, depois desse outro, e assim sucessivamente, porque é assim que uma democracia existe e subsiste e é assim que se constrói uma nação sólida.
      Não se esqueça que o Brasil saiu da 16a economia do mundo enquanto ditadura, para a sexta em menos tempo de democracia. Não se esqueça que a dívida externa acumulada pelos 20 anos de ditadura foi integralmente paga em 10 anos de democracia. Não se esqueça que o Brasil, que tinha um IDH de 0,3 (péssimo) durante a ditadura, 10 anos após te-la sepultado dobrou o IDH e no último PNUD (2012) estamos em 0,73, considerado elevado. Enfim, a democracia dobrou todos os nossos índices, pois ela tem a capacidade de oxigenar as inteligências com as liberdades.
      Ditaduras são ótimas: para os ditadores.

      Excluir
  2. Amigo, me responda uma pergunta, por obséquio!

    Como vc acha que o Brasil estaria se não tivesse acontecido o "golpe" de 64, o qual o sr. tanto abomina!
    O que o sr. acha que teria acontecido conosco, como estaríamos hj, se o João Goulart tivesse continuado normlmente na presidencia? Um abraço

    ResponderExcluir
  3. "O Brasil não pode tratar a espionagem norte-americana apenas no campo diplomático. É imperioso cobrar indenização por danos morais na proporção ao desrespeito da nossa soberania."

    Pelo amor de Deus né, Deputado!!!
    Cobrar indenização??? O Brasil é que deveria cuidar pra que isso não acontecesse, isso sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto você não leu a postagem até o fim, pois nos dois parágrafos finais eu digo exatamente que o Brasil deveria cuidar para que isso não acontecesse. Mas o fato de você deixar a janela da sua casa aberta não autoriza o ladrão entrar, levar seus bens, e você não ter o direito de ver o ladrão preso e processado e seus bens reavidos. Uma ação de indenização em Haia é causa ganha para o Brasil e os bilhões de dólares que isso merece bem que deveria ser investido em proteção cibernética

      Excluir
    2. "Mas o fato de você deixar a janela da sua casa aberta não autoriza o ladrão entrar, levar seus bens"

      Não dá o direito, mas é MUITA toca! hahaha

      Excluir
    3. Mas não dá o direito, e como não dá o direito, quem entra sem esse direito é intruso, e se leva algo é ladrão e quando isso é um país é crime internacional, e se é internacional cabe ação em Haia.

      Excluir
  4. A pergunta é a seguinte: o presidente dos EUA deve mandar espionar o presidente de um país que:
    a. É uma ex-terrorista;
    b. É amiga dos inimigos (Cuba, Irã, Venezuela, Equador, Bolívia e de ditadores africanos);
    c. Nomeia como consultor um ex-terrorista (Franklin Martins), sequestrador de um embaixador americano (Charles Elbrick)?
    Isso é o que o povão sabe. Deve ter muito mais....

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Caro Anonimo

      Como a politica dos EUA é de combate ao terrorismo e o Lula tornou o Brasil nação irmã do Irã eu lhe dou razão plena, porem eu também como brasileiro dou razão ao Parsifal jamais devemos perder uma ótima oportunidade de usando o jeitinho brasileiro aplicarmos a lei de Gerson contra os EUA afinal uma escuta não filtra o objetivo e fatos importantes sobre o pré-sal são as únicas informações relevantes partidas de uma presidência incapaz de pensar ou falar de forma inteligente!


      ((((MCB))))

      Excluir
  5. Lourival Nascimento03/09/2013 18:44

    Ledo engano pensar que o Tio Sam mira apenas o pré-sal. Os braços do Grande irmão vão muito além. Não precisa ser inteligente para desnudar as centenas de ONGs de aluguel que vivem na Amazônia, Belo Monte como um exemplo mais recente e perfeitamente visível. E com o anúncio das construção de mais hidrelétricas no Tapajós, elas estão todas assanhadas, regadas copiosamente por dinheiro de fora. Na verdade, eles têm a visão de que essas usinas são boas para o Brasil e não apenas para o Pará. O coisa é de tal cinismo, que com a maior seca das últimas décadas a assolar o Nordeste, nenhuma dessas piedosas instituições levantou a voz ou foi lá prestar solidariedade. Como há coisas que só acontecem ao Brasil e ao Botafogo, o Tio Sam bisbilhotou muito mais.

    ResponderExcluir
  6. Francisco Marcio03/09/2013 20:42

    E o pior deputado, é que só estamos tomando conhecimento de uma ínfima parte. E graças ao jovem americano que resolveu expor as intromissões americanas e, a Rússia que tem coragem para conceder asilo ao delator.

    E o que o governo brasileiro vai fazer? A pizza ja esta no Senado (ops, no forno) assando, em 180 dias eles vão degustando...
    Como diz o amigo dos garis: "isso é uma vergonha".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Políticos são tarados por holofotes. A primeira coisa a fazer antes de tentar reparar o problema, é uma CPI, para publicidade. Depois a Dilma será recebida com honras de chefe de Estado por Obama, ele pede desculpas e doa uma sistema de vigilância de 256 bits para as comunicações de Estado ao Brasil, aí o Brasil tenta abrir o sistema para fazer engenharia reversa e, depois de 10 anos tentando, ao abrir descobre que dentro do algorítimo estava um trojan que interceptava as comunicação do mesmo jeito.
      Aí vai aparecer alguém com a solução elementar: o Brasil lançar o seu próprio satélite de comunicações e montar a sua própria rede paralela, para fechar o sistema quando precisar, como fazem todos os países previdentes, mas até lá, acho que os EUA já deverão ter desenvolvido um sistema que penetra redes fechadas por satélite...

      Excluir
    2. UMA VISÃO DO FUTURO

      Meu Caro Deputado

      Você lembra-se de um presidente do Brasil que só se comunicava através de bilhete onde por um simples traço na assinatura para direita ou para esquerda quem o recebia sabia se o assunto era para ser levado a serio? Acho que hoje isso funcionaria melhor do que naquele tempo!

      ((((MCB))))

      Excluir
  7. A partir do golpe de 64, a ditadura militar remeteu o Brasil ás trevas, afundou educação e as ciências a um atraso de mais de meio século. Tirou o povo da dependência Européia e impôs o modelo consumista e alienador norte americano. Resultado: frágil soberania, endividamento insustentável, crônico analfabetismo e o aprofundamento da praga da corrupção.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.