19/09/2013

AGE é contestada pela Associação dos Auditores de Finanças e Controle do Estado do Pará

Shot003

A Associação dos Auditores de Finanças e Controle do Estado do Pará (AAFC) enviou documento ao blog contestando as informações prestadas pela AGE na postagem “Auditoria Geral do Estado manifesta-se sobre o Índice de Transparência do portal do Pará”.

Em apertada síntese, abaixo as razões da AAFC:

> Ideias não correspondem aos fatos

O conteúdo das respostas apresentadas pela Auditoria Geral do Estado não condiz com a realidade que o Controle Interno, especificamente a AGE-PA, vivencia nestes últimos 03 (três) anos.”.

> Relação de submissão

Distribuir cargos comissionados e gratificações pelo trabalho em tempo integral (GTI) é medida paliativa e temporárias, pois estas vantagens, além de serem discricionárias, não integram a remuneração para fins de ascensão funcional e previdenciários, portanto tais práticas não são uma política de valorização da carreira e sim uma relação de submissão onde os beneficiados ficam reféns da instabilidade financeira, pois a qualquer momento o gestor do órgão poderá retirar tais vantagens.

> Não existe PCCR

Não existe um Plano de Cargos, Carreira e Remuneração para o cargo de Auditor de Finanças e Controle, e sim uma previsão de ascensão funcional que até hoje não foi regulamentado, o que significa que os Auditores de Finanças e Controle encontram-se no mesmo nível e com a mesma remuneração do ingresso na carreira, ocorrida em Abril/2007.

> Mudanças de níveis não romperia limite prudencial

O impacto na folha, caso fossem regulamentadas as mudanças de níveis não ultrapassaria o limite prudencial da LRF.

> Manipulação grosseira

É uma ‘manipulação grosseira’ afirmar que o salário está entre os melhores do Brasil, pois para os efeitos comparativos a AGE incluiu a GTI na remuneração. Além do que, devido as diferenças de carga horário entre o Pará e outros estados, o correto seria calcular o valor da hora trabalhada para cada Estado. Ainda, para a comparação, a AGE utilizou os valores salariais de 2013, para uma pesquisa realizada em 2012.

> Investimentos pífios

O estado não investe na AGE. Abaixo, o investimento por exercício nos seis últimos anos:

Shot001

> Diárias do auditor-geral são mais que os investimentos

De 2011 até Agosto/2013, os investimento em máquinas e equipamentos para a AGE somaram R$ 7.691,99, enquanto que nesse mesmo período foram pagas, ao auditor-geral do Estado, R$ 13.575,00 em diárias.”.

A Auditoria Geral deveria ser um dos mais importantes órgãos do  Estado, com autonomia suficiente para o seu exercício, portanto, é importante ler o inteiro teor da nota da AGE, aqui.

61 comentários:

  1. Como é bom se viver em uma democracia. Só assim as mentiras podem ser desmascaradas! Parabéns a coragem da AAFC por restabeler a verdade dos fatos.

    ResponderExcluir
  2. Os gestores, principalmente dos órgãos públicos têm que entender, que hoje não dar mais para mentir, com as ferramentas, disponibilizadas hoje pela internet, fica muito fácil de serem desmascarados.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns aos Auditores de Finanças e Controle, essas respostas, embasadas e fundamentadas em dados e números oficiais, reflete a qualidade dos argumentos e mostra o alto nível de conhecimento técnico. O Estado do Pará precisa de profissionais como vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns?

      Esses profissionais se sujeitam a todo tipo de abuso em troca de vantagens financeiras, fazem trabalhos sem o menor embasamento técnico (metodologia) a mando do gestor do momento e ainda acreditam realmente que são o "último biscoito do pacote"?

      Apesar de todos os desmandos, a única vez em que eles se insurgiram contra a Administração, foi no Governo da Ana Júlia quando tentaram tirar a Gratificação por Tempo Integral - GTI.

      Acreditem, o Pará não precisa desses Auditores, pois eles nunca se preocuparam em fazer um trabalho decente que agregasse valor à sociedade.

      Excluir
    2. Esses mesmos Auditores de Finanças e Controle que achincalham o Auditor Geral do Estado sob a égide do anonimato, estarão no CONACI legitimando ( na fila do gargarejo) a gestão do Anfitrião do evento.

      Excluir
    3. Eles têm que garantir o "leitinho" das crianças no final do mês.

      Excluir
    4. "A necessidade é a mãe de todas as virtudes e indignidades"

      Excluir
    5. Há pessoas que se julgam acima do bem e do mal, como se fosse o único dono da verdade, e ainda projeta nos outros o que gostaria de fazer, mas não tem a CORAGEM e nem COMPETÊNCIA para tal, só sabe cobrar, e quando não é atendido nas suas expectativas começa a desqualificar as pessoas, a exemplo do que tenta fazer contra a AAFC, ou seja adota a filosofia de “quanto pior melhor”. O pior de tudo, é que essa mesma pessoa “fala demais” “recebe os benefícios que tanto critica” e definitivamente NÃO PRODUZ EFETIVAMENTE NADA, e ainda, nem se dá ao trabalho de ler os Relatórios que diz que não possuir embasamento técnico, que dirá sugerir proposições que visem melhorias nas técnicas de elaboração dos trabalhos, até por que, não sabe nem por onde passam tais metodologias de auditoria, exatamente, por que não trabalha. É lamentável, mas todos sabemos que em todas as categorias existem os bons e os maus profissionais, não seria diferente na carreira de Auditor de Finanças e Controle, o importante é que a maioria são profissionais de qualidade reconhecida no âmbito do Estado, tendo por diversas vezes os trabalhos elogiados por outros Órgãos de Controle, como, por exemplo, o Ministério Público Estadual. Por fim, é lastimável a conduta desse tipo de pessoa que não vê o quanto de prejuízo tenta provocar à imagem da categoria, fazendo com que o que se construiu em 07 anos, se acabe em um único cometário irresponsável.

      Excluir
    6. Depois do pífio 22º lugar no ranking nacional da transparência vai ficar complicado legitimar alguma coisa.

      Excluir
    7. A AAFC adverte: Entregar o DAS para fugir das responsabilidades e pegar a TI; permanecer no ócio, isto não dá o direito de cobrar dos colegas o quê você mesmo não faz e muito menos atacar a categoria com ofensas gratuitas. Pare com isso.

      Excluir
    8. Para você: Tudo que ultrapassar o patamar: da crítica da cobrança e da ofensa, é complicado e difícil.

      Excluir
    9. “Se não puder negar os fatos, tente desqualificar a fonte.”
      Covardia e incompetência, palavras fortes principalmente quando partem de pessoas acostumadas a mostrar os fundilhos, que incapazes de lutar pelo atendimento de direito pessoal (justo, líquido e certo), procuram, instigam outros em semelhante situação para que o façam por si, que se perdem em vãs conspirações repercutidas em cochichos abafados nos corredores do Órgão.
      Gostam de falar que muito trabalham, mas o grande produto gerado é a piada, a troça, sempre obtidos à custa (e nas costas) de um colega que esteja acima do peso, ou que goste de viajar, ou que não tenha pintado o cabelo, ou mesmo que seja de outro Estado.
      Falando em produzir, estudar em apostila preparatória para concurso entra para as estatísticas do Órgão? A pontuação obtida em jogos de computador pode ser convertida também? Esses são os lados opostos da mesma hipocrisia.
      Não estou acima do bem e do mal, sempre fiz referência aos Auditores de Finanças e Controle de um modo geral, classe da qual faço parte. E gostaria de dizer que apesar de referir-me à classe, muitos não devem e não merecem ser colocados no mesmo balaio, desculpem-me.
      Não fique tão preocupado, provavelmente, você será o próximo Auditor Adjunto, faz muito por merecer. Com certeza manterá a tradição de excelência originada na gestão do saudoso João Cunha.
      Por fim, não entendi quando você, em outra postagem, diz que critico o setor de informática. Mentir por mentir, todos sabem que eu não costumo criticar as pessoas na ausência delas (não mando recado), muito menos o setor de informática que é composto por jovens (um nem tanto) extremamente chatos, mas, da mesma forma, competentes e comprometidos.

      Excluir
  4. Pertinente a matéria e muito esclarecedora para a opinião pública no momento em que ela mostra através dos números a real situação do Controle Interno no Estado. No meu entendimento caberia ao Governador através da sua Assessoria manifestar-se publicamente quanto ao assunto em debate e sobre a sua real intenção quanto a manutençao ou não do mesmo,visto que se observa em relação aos demais Estados da Federação que o Pará esta deixando muito a desejar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por estas e outras, se eu fosse o Auditor Geral "pegava o meu banquinho e saía de fininho"

      Excluir
  5. Essas inverdades foram tão pesadas, que ressuscitou a AAFC. Parabéns!!! Espero que não fique só nisso.

    ResponderExcluir
  6. O nome desse auditor geral, deveria mudar para Amorasviajando. Acredito que o programa de milhagem dele, já paga uma viagem para Dubai.

    ResponderExcluir
  7. Essa Associação realmente existe? Acho estranho não conter a assinatura de nenhum associado e muito menos do presidente da suposta Associação. Já vi inúmeros documentos de associações e todos eles contém, no mínimo, a assinatura do presidente, Me corrija se eu estiver errado deputado. Era bom dar uma checada nisso pois está me cheirando a intriga da oposição.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, existe. Não assinar a nota, de fato, foi um ato falho.

      Excluir
    2. pior cego é aquele que não quer enxergar.

      Excluir
    3. É contraditório! Os auditores que deverias transmitir e prezar pela transparência, não utilizam da transparência no documento.Eles não tem transparência com eles mesmos, como vão trabalhar em cima de transparência?

      Excluir
    4. Deputado, pior cego é aquele que não quer enxergar. Tenha certeza que mesmo, que não existisse a AFFC. Esse documento reflete o sentimento da maioria dos auditores de finança e controle.

      Excluir
    5. Ainda que não existisse a Associação, o documento reflete o sentimento de indignação que assola maioria da categoria dos Auditores de Finanças e Controle. Além do mais, intriga da oposição é o fato de o Auditor Geral do Estado publicar uma nota em nome da AGE relatando inverdades sobre a carreira dos auditores sem que a categoria fosse previamente consultada. Isso sim é grave!!!

      Excluir
    6. A AAFC|PA Esclarece: Não ter Transparência é manipular dados de uma pesquisa nacional, de forma grosseira para mascarar uma realidade para beneficiar o governo, diante dos fatos a AAFC|PA se sentiu na obrigação de mistificar a resposta da AGE|PA e esclarecer à sociedade a realidade dos fatos.

      Excluir
    7. Se um cidadão aparecesse com a camisa do Tabajara Futebol Clube e dissesse as mesmas verdades que a AAFC disse, eu estaria com ele. Não vejo nenhuma coloração partidária no manifesto da AAFC, até porque os Auditores da AGE já devem ter ficado VERMELHOS de vergonha com os argumentos do Auditor Geral, VERDES de raiva com o descaso com a carreira, AZUIS de fome de justiça e transparência e, por fim, com o sorriso AMARELO ao descobrir que tem a 18ª "melhor" remuneração do Brasil. Que venha o CONACI com suas revelações bombásticas!

      Excluir
    8. A AAFC\PA Esclarece: Onde se Lê; Mistificar, leia-se: Desmitificar.

      Excluir
    9. Agradeço ao Senhor Roberto Amoras pela péssima idéia de tentar explicar o inexplicável e, pior, com mentiras.

      Agradeço ao Senhor Roberto Amoras por fazer renascer a AAFC.

      Agradeço ao Senhor Roberto Amoras por fazer aflorar nos Auditores de Finanças e Controle esse sentimento de indignação que cresce cada vez mais.

      Muito Obrigado

      Excluir
    10. A AAFC existe e todos os Auditores são membros, pois todos se filiaram e, salvo engano, nenhum deles oficializou seu desligamento. Se preparem, vou cobrar as mensalidades atrasadas.

      Excluir
  8. Milagre existe! A AAFC acordou de um coma profundo!!!!

    ResponderExcluir
  9. A AAFC|PA adverte mentir faz mal à saúde! Pode causar danos irreparáveis.

    ResponderExcluir
  10. graças à virgem de nazaré! à santinha já tá fazendo milagres!!!! pode crê! a aafc acordou!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. O Auditor Geral do Estado está colocando em prática uma das frases mais famosas de Joseph Goebbels, o maior propagandistas do regime nazista de Adolf Hitler, que certa vez disse "Uma Mentira contada mil vezes, torna-se uma verdade". Agora só faltam 999...!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A propaganda é a alma de todo negócio."

      Excluir
    2. "A propaganda é a ARMA do negócio"

      Excluir
  12. A AAFC solicitará à Direção da Auditoria Geral do Estado que apresente uma proposta de planejamento de Auditoria estruturada em procedimentos com enfoque técnico, objetivo, sistemático e disciplinado com finalidade de agregar valor ao resultado da Organização, como preconiza as normas Brasileiras de contabilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim cara pálida?
      Então que enfoque tem os trabalhos de Auditoria?

      Excluir
    2. Provavelmente o enfoque do Governador.
      E os Auditores permitem isso?

      Excluir
  13. Quem pode dizer se os fatos alegados são verídicos ou não são os auditores de finanças e controle. Podes crê que é kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. É dificil enxergar quando está escuro. Como cidadão, apenas fiz um comentário que achei pertinente, pois um documento em nome de uma associação sem assinatura é duvidoso. Cadê a transparência? E ainda nao consegui localizar o cadastro da associação junto à jucepa. quem é o presidente da associação? Enquanto essas questões não forem respondidas isso continua me cheirando a intriga da oposição. Vamos tentar clarear um pouco que talvez os cegos começem a enxergar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos lá: "Nem tudo que é de fato é de Direito".

      Excluir
    2. Mais um: Segundo o nosso governador ser Transparente " é colocar luz em cima das coisas" infelizmente a CELPA presta um péssimo serviço, então fica tudo escuro mesmo para quem quer luz.

      Excluir
    3. Você está procurando no lugar errado, nem todas as entidades são obrigadas a se registrar na Receita Federal ou na Junta comercial dos Estados. Basta uma simples busca no google.

      "Os estatutos sociais de associações são registrados no Cartório de Registros Civis de Pessoas Jurídicas. Para efetuar o registro é necessária a assinatura de um advogado."

      Excluir
    4. Você que está tão preocupada com a existência ou não da AAFC deveria se preocupar com as Associações que recebem repasses milionários do Estado por meio de Convênios. Posso lhe garantir que a AAFC não recebeu, nem mesmo pleiteou qualquer vantagem pecuniária de qualquer ente da Federação.

      Excluir
    5. Não tem nada no Google. Essa Associação dos Auditores de Finanças e Controle do Estado do Pará é um fake! Que vergonha! Se existe mostra tua cara!

      Excluir
    6. Meu caro, a informação para pesquisar no google era com o objetivo de fazer você entender como se cria uma Associação. A AAFC realmente não tem site, se te agrada, ela não existe no "campo virtual".

      Vamos entender como se cria uma Associação.

      Na aba do seu navegador você digita: www.google.com;

      No local de pesquisa você digita: como criar uma Associação.

      Aparecerá várias opção explicando como se cria uma Associação.

      Resolvido, agora você sabe que para esse tipo de entidade existir não obrigatoriamente precise registro na Junta Comercial do Estado.

      Aliás, se os Órgãos estaduais fossem tão criteriosos(como você) na concessão de Convênios e o TCE e a AGE na fiscalização desses mesmos convênios a sociedade estaria muito melhor.

      Excluir
    7. O amigo que esta preocupado com a existência ou não da AAFC deveria tentar, com argumentos técnicos, desconstruir os fatos apresentados pela AAFC, o que eu acho que é impossível, por isso mesmo fica limitado(a) a falar apenas da Associação. É, fica difícil esconder a verdade de uma categoria que conhece como poucas a realidade do Estado. Viva a AAFC, parabéns pela competência técnica apresentada nos argumentos do texto anexo a esta postagem.

      Excluir
  15. Tem um anônimo preocupadíssimo se esta Associação existe ou não!! meu caro preocupe-se em analisar as informações contidas no manifesto e confirmar se são verdadeiras, aliás acho que vc já está convencido de que são dados verídicos, públicos e fundamentados e isso está te incomodando por isso a intenção de invalidar por outros meios, Keep Calm!! a verdade dói mas ajuda a crescer, contra dados não há argumentos. Em vez de ficar questionando a existência da tal Associação procure o caminho da humildade e resignação!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Me parece que, ao receber uma denúncia, a AGE passa mais tempo tentando descobrir o autor do que apurar a veracidade dos fatos denunciados. Enquanto isso, os recursos públicos, que são mantidos por nós, vão escorrendo pelo ralo. Além do mais, esse tipo de questionamento parece "intriga da situação" pra desviar o foco do que realmente interessa, que são os fatos relatados, que acabam por revelar alguns dos motivos da queda de posição do Pará no Índice de Transparência.

      Excluir
  16. Se os Auditores são todos membros da Associação e se o documento aqui exposto representa a postura destes, gostaria de ver no CONACI um verdadeiro boicote. Que os Auditores se reúnam em frente ao Hangar e recusem-se a participar do evento. Participar deste evento seria assinar um atestado de submissão. Dêem-se valor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhosa a sua idéia. Tome à frente do movimento, aposto que a maioria dos membros vão acatar. Mas coloque em prática, não fique só dando sugestões aos outros e ditando o que todos tem que fazer. Mexa-se pratique alguma coisa, já está passando do tempo de você colocar sua teoria em prática. Que tal deixando a TI? Que você tanta critica. Das SUAS SUGESTÕES O INFERNO TÁ CHEIO.

      Excluir
    2. Essa não é minha.

      Excluir
    3. Você que deu a sugestão do boicote, será que você é capaz de participar!? duvido, pois sugere, mas ao mesmo tempo se esconde, dando a entender que não é uma associada da AAFC.

      Excluir
  17. Você está certo, não posso participar. Não posso tomar a frente. Nem ao menos sou da categoria. Mas posso, como um cidadão, dar a minha opinião. Aqui todos estão se escondendo, a não ser que seu nome próprio seja Anônimo. Bem contraditório da sua parte. Aliás, vocês são o que? Servidores Públicos? Pois passem a pensar em atitudes que visem a melhoria dos serviços prestados à população e parem de se digladiar, ofender uns aos outros e criticar suas próprias atitudes. Vocês estão afundando e levando uns aos outros para o fundo do poço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê graças a Deus, pois este órgão parece mais com um hospício, a loucura começa pelo chefe que expõe à Instituição na mídia, e depois os servidores que parecem mais com loucos ,lavam á roupa suja no blog.

      Excluir
  18. Mas exposição é com o Enrolando Amoras mesmo. Como um pavão, ele ADORA os flashes e a vida pública. Não tem maturidade para reconhecer que na AGE o importante é a discrição. Pelo contrário. A AGE para tudo por um reporter. Eu hein! Não é só loucura é vaidade também.

    ResponderExcluir
  19. Realmente parece um hospício a começar pelo Auditor Geral, que não é concursado, ou seja, trata-se de um cargo comissionado, de uma infeliz escolha do governador... O auditor geral infelizmente não tem conhecimento jurídico nem tampouco discernimento, caso tivesse jamais teria comprado uma briga com os auditores concursados, de carreira, e muito menos iria expor o governador do Estado a tudo isso, principalmente perto de um evento que ocorrerá aqui no Pará. É lamentável que Jatene não tinha onde colocar o cidadão que hoje encontra-se como Auditor Geral da AGE, recebendo, assim, como um secretário de estado, todavia, sem nem ser concursado da Auditoria Geral do Estado e talvez nem mesmo de outro órgão/instituição... Caro Roberto Amoras aconselho o senhor a se preparar para os concursos que estão abertos, pois ano que vem haverá nova eleição!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser concursado, não é garantia de ser um bom gestor e muito de ter conhecimento e liderança, pois nesta gestão, os gerentes, que são concursados, não superam em nada o da gestão passada, pelo contrário até pioraram à relação com os colegas,querendo impor respeito através de autoritarismo.

      Excluir
    2. O cargo de auditor é cargo de confiança, não é necessário fazer concurso, o que não impede, que seja ocupado por uma pessoa competente. Na AGE existem concursados que têm DAS, que foram escolhidos não por competência, tem um até que se perpétua no cargo, por que tem padrinho político e outro até que dorme no cargo.

      Excluir
  20. Caro Parsifal, diante de tantos comentários negativos, a maioria visivelmente oriundos de Auditores da AGE, que tal solicitar uma posição do sr Roberto Amoras sobre o descontentamento gerado por suas respostas? Acho que o Senhor Auditor Geral, que tanto se preocupou em esclarecer os questionamentos gerados pelo índice de transparência, deve sentir a necessidade de esclarecer a discordância!

    ResponderExcluir
  21. Parsifal, se eu fosse o governador, como ele já declarou que não é a favor de órgão que fiscaliza outro órgão, eu extinguiria a AGE,de uma única vez.já que pouco tem investido neste órgão, como já foi demonstrado aqui, então para quê manter este órgão tão polêmico? Talvez por que seja uma obrigação constitucional. Então , poderia pelos menos fundir com outra secretaria, que tivesse na mesma área ou semelhante.

    ResponderExcluir
  22. Esse Enrolando Amoras é no mínimo um incompetente.

    ResponderExcluir
  23. Pavão misterioso , pássaro ... Só me lembro disso! Quem será q se enquadra?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.