15/08/2013

Metrô chinês aceita garrafa pet como pagamento de bilhete

Pequim, a capital da China, começou um original processo de escambo nas linhas do metrô: está espalhando nas estações maquinas bilheteiras que aceitam garrafas pet como pagamento.

Shot007

A máquina lê o código de barras da pet e, ao precifica-la, dá o desconto correspondente no cartão ou bilhete comprado. Se a quantidade de garrafas for o suficiente, o cartão ou bilhete é fornecido inteiramente no escambo.

Um bilhete de um dia no metrô de Pequim custa 2 yuan (R$ 0,75), com transferências ilimitadas entre as linhas. Com 20 garrafas pet de 1 litro, você anda de metrô o dia inteiro, indo e vindo para e de onde quiser.

O processo ainda é experimental e está implantado em apenas 5% das estações. Além disso é um processo lento, pois, algumas vezes, a máquina engasga. Ainda, os usuários alegam que o valor que a máquina “paga” por uma pet é menor que os centros de reciclagem oferecem, mas não é possível dizer que a ideia não é genial e que os ajustes poderão transformar o invento em sucesso, inclusive se estendendo a outras matérias recicláveis.

Um comentário:

  1. You could certainly see your expertise in the work
    you write. The arena hopes for more passionate writers
    like you who are not afraid to say how they believe.
    At all times follow your heart.

    Also visit my blog post :: puppy

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.