12/08/2013

Desde 2008 o TSE repassa cadastro de falecidos ao Instituto Bem Viver, que os vende

Shot013

O TSE, desde 2008, repassa ao Instituto Bem Viver, um banco de dados com os nomes, os nomes dos pais e/ou das mães, a cidade e o Estado de aproximadamente 13,4 milhões de eleitores falecidos.

Para obter as informações detalhadas, o site “CNF Brasil” cobra de R$ 27 a R$ 291. Esses dados, com os detalhes referidos, não são fornecidos ao público pelo TSE.

> Não fazem parte do cadastro

A assessoria do TSE disse ao “Estadão” que tais “informações não fazem parte do cadastro eleitoral, portanto, não estariam cobertas pelo sigilo”. Errado: todas as informações pessoais, de vivos ou de mortos (os mortos possuem direitos), sob a guarda do TSE, fazem parte do cadastro eleitoral e estão sob sigilo. Se assim não fosse o portal da Corte entregaria, de graça, o que o Instituto Bem Viver cobra para entregar.

> Sem fins lucrativos

Maurício Costa, responsável pelo Instituto Bem Viver, declarou que “apenas faz o requerimento ao TSE e recebe as informações”, e que o seu “site não tem fins lucrativos”.

Site sem fins lucrativos é o Parsifal.org e milhares de outros que proliferam pela rede, não postam propaganda paga e nada cobram para serem lidos.

O Instituto Bem Viver cobra até R$ 291 para entregar informações gravadas por sigilo, portanto, quem entrega, assim como quem recebeu e vende, está incurso no mesmo tipo penal.

> O bom samaritano

Shot011

Não creio que haverá muita gente disposta a acreditar que o senhor Maurício Costa seja aquele homem que descia de Jerusalém a Jericó e foi tocaiado por bandidos que o deixaram quase morto, e a pessoa do TSE que lhe entregou os dados seja o samaritano que, por pura compaixão, o acudiu a faturar um “dinheirinho”.

Sobra o que, ou quem nesse país afinal?

4 comentários:

  1. ORIENTANDO COMO MANDAR PARA O CABARÉ

    Parsifal

    Segundo o Face do ZÉ BODÂO os dados repassados pelo TSE serviam para orientar políticos em compra de votos

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1402789859939134&set=pb.100006244004421.-2207520000.1376310785.&type=3&src=https%3A%2F%2Ffbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net%2Fhphotos-ak-ash3%2F1097063_1402789859939134_1344611913_o.jpg&smallsrc=https%3A%2F%2Ffbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net%2Fhphotos-ak-ash4%2F1000940_1402789859939134_1344611913_n.jpg&size=1448%2C2048

    Ainda segundo a mesma pagina do ZÉ BODÃO o titulo de eleitor tem uma finalidade diferente:

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1402844863266967&set=pb.100006244004421.-2207520000.1376310785.&type=3&src=https%3A%2F%2Ffbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net%2Fhphotos-ak-prn2%2F1093807_1402844863266967_967162316_o.jpg&smallsrc=https%3A%2F%2Ffbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net%2Fhphotos-ak-prn2%2F954765_1402844863266967_967162316_n.jpg&size=1448%2C2048

    Vale à pena conferir!

    ((((MCB))))

    ResponderExcluir
  2. Pois é! Senão mudar o modelo de vida. Nada muda.Pedreira!

    ResponderExcluir
  3. Posso fazer uma pegunta?Posso? Cadê o CNJ ? Cadê ?

    ResponderExcluir
  4. Quer dizer que eles não tem fins lucrativos. Deveriam acabar com essas sociedades fajutas. A Receita Federal, o TCU o MP não procuram apurar onde esta gente consegue manter uma organização "sem fins lucrativos", pois eles não vivem do voluntariado.Quem são esses voluntários que recebem dinheiro em suas contas e ainda declaram imposto de renda,sabiam?

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.