03/08/2013

Banco Central liquida o Banco Rural

Shot003

Depois da queda, que foi ter alguns dos seus dirigentes condenados pelo STF, o Banco Rural, que ficou conhecido como o “banco do mensalão”, levou o coice: o BC (Banco Central) decretou-lhe a liquidação, juntamente com todas as demais empresas do conglomerado.

> Graves violações

A resolução do BC alega que o Banco Rural cometeu “graves violações” às normas do sistema financeiro e colecionava sucessivos prejuízos, o que era um risco “anormal” para os credores. Todos os bens dos controladores e ex-administradores do Banco Rural estão indisponíveis a partir de ontem (02).

As “graves violações” às normas do sistema financeiro nacional foram detectadas pelo Banco Central exatamente nos autos da famosa Ação Penal 470, o mensalão, mais precisamente nos padrões de empréstimos concedidos ao PT, que o STF, por unanimidade, considerou “atos fraudulentos de gestão”.

> Globo recebeu empréstimo no mesmo padrão

globo

Mas o mesmo padrão de empréstimo foi utilizado, pelo mesmo Banco Rural, para conceder dinheiro a ninguém menos que a "Globo Comunicações e Participações".

A quem interessar possa, os registros desse “ato fraudulento de gestão” do Banco Rural para com a poderosa Globo, estão nos autos do acórdão do mensalão, nas folhas 2.869 e 2.870.

> E a PGR?

Se o procurador-geral da República fosse um homem atento já teria pedido o desmembramento do acórdão e enviado ao procurador-geral do Rio de Janeiro, sede da Globo, para as devidas providências.

Ou será que o procurador-geral não se deu ao trabalho de ler o acórdão do mais propagado julgamento da história do Brasil?

Um comentário:

  1. No Pará, o maior operador do Banco Rural é o Grupo Y. Yamada. oi através dele que ele remeteu 120.milhões de dólares via conta CC5- Banestado.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.